Emma Thompson diz que não irá participar de sequência de "Simplesmente Amor"

LONDRES (Reuters) - A atriz Emma Thompson disse não estar participando da sequência curta-metragem de "Simplesmente Amor" para a instituição de caridade britânica Comic Relief porque é "muito cedo" para reprisar o papel na comédia romântica, após a morte no ano passado do ator Alan Rickman.

Thompson e Rickman interpretaram o casal Karen e Harry no filme de 2003, também estrelado por Hugh Grant, como o primeiro-ministro britânico, e Bill Nighy, um roqueiro, assim como Keira Nightley, Liam Neeson e Colin Firth.

Um curta-metragem revisitando os personagens está em produção para a instituição de caridade, que realiza o evento de arrecadação Red Rose Day e uma noite televisionada de esquetes de comédias com celebridades em 24 de março.

Falando à BBC na semana passada, o diretor Richard Curtis confirmou que alguns grandes nomes iriam participar, mas acrescentou que havia uma interrogação sobre a volta de Emma Thomspson. Rickman, também conhecido por ter interpretado o professor Severo Snape na saga "Harry Potter", morreu de câncer em janeiro de 2016, aos 69 anos.

"Richard (Curtis) escreveu para mim e disse 'Querida, não posso escrever nada para você por causa de Alan' e eu disse 'Não, é claro que você não pode, seria muito triste, é muito cedo'", disse Thompson à Reuters durante lançamento no Reino Unido do novo filme da Disney "A Bela e a Fera", na noite de quinta-feira

Embora tenha dito ser a decisão certa ficar fora da produção, Emma Thompson elogiou a ideia de uma sequência. "Revisitar os incríveis personagens divertidos de Bill Nighy e Hugh Grant e todos os outros, isto é fantástico."

(Reportagem de Helena Williams)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos