Rússia diz que acusação dos EUA sobre ataque químico complica negociação de paz na Síria

MOSCOU (Reuters) - Acusações dos Estados Unidos de que o governo sírio pode estar planejando um ataque com armas químicas complicam as negociações de paz na Síria, disse o vice-ministro de Relações Exteriores da Rússia, Gennady Gatilov, nesta quarta-feira, segundo a agência de notícias RIA.

Autoridades norte-americanas disseram na terça-feira que o aviso de Washington à liderança da Síria contra a suposta preparação de um ataque com armas químicas foi baseado em dados sobre o que pareciam ser preparativos ativos em uma base aérea síria usada para um ataque do tipo em abril.

Gatilov advertiu os Estados Unidos contra tomar ações unilaterais na Síria.

(Reportagem de Maria Kiselyova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos