Espanha suspenderá regime direto sobre Catalunha se for convocada eleição regional, diz jornal

MADRI (Reuters) - O governo central da Espanha está pronto para suspender a imposição de um regime direto sobre a Catalunha se o líder da região, Carles Puigdemont, convocar uma eleição regional antecipada, relatou o jornal La Vanguardia nesta quinta-feira, citando fontes do governista Partido Popular.

Puigdemont deve convocar uma eleição para dezembro, de acordo com aliados políticos, um passo que pode ajudar a romper o impasse que já dura um mês entre o governo central de Madri e separatistas catalães, que buscam uma secessão do restante da Espanha.

(Reportagem de Julien Toyer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos