Catalunha deve permanecer parte da Espanha após eleição, diz ministro

KIEV (Reuters) - O ministro espanhol das Relações Exteriores, Alfonso Dastis, disse nesta segunda-feira esperar e acreditar que a eleição regional na Catalunha convocada para dezembro resultará na permanência do território como parte da Espanha.

"Nós esperamos, com a ajuda dessas eleições, restaurar a governança legal e o estado de direito na Catalunha", disse Dastis, falando por meio de um tradutor, durante visita a Kiev.

"Esperamos e acreditamos que após essas eleições a Catalunha será novamente a mesma sociedade que era antes: aberta e integrada", disse.

(Reportagem de Pavel Polityuk)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos