Exército do Sudão do Sul e rebeldes entram em confronto horas após cessar-fogo

(Reuters) - O exército do Sudão do Sul entrou em conflito com rebeldes em um região produtora de petróleo no domingo, disseram as duas parte, interrompendo um cessar-fofo horas após ele entrar em vigor.

As partes trocaram acusações sobre o início do conflito ao na cidade de Koch. De acordo com uma fonte humanitária, 17 trabalhadores de ajuda humanitária fugiram da violência, disse uma fonte. Não havia detalhes imediatos sobre fatalidades.

O governo e os grupos rebeldes assinaram um cessar-fogo na quinta-feira, na mais recente tentativa de terminar uma guerra civil de quatro anos e deixar os grupos humanitários chegar a civis.

O cessar-fogo entrou formalmente em vigor na manhã de domingo, mas o conflito ocorreu logo na sequência, segundo um relatório de ajuda humanitária visto pela Reuters.

"Nossas forças enfrentaram fogo pesado nesta manhã em Koch", disse Dickson Gatluak, porta-voz do lado do governo.

O porta-voz dos rebeldes Lam Paul Gabriel disse que o exército atacou primeiro e as forças rebeldes estavam agora perseguindo soldados do governo pela cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos