Coeure, do BCE, diz que há "chance razoável" de compra de bonds não ser renovada

FRANKFURT (Reuters) - O homem encarregado de realizar as compras de bonds do Banco Central Europeu (BCE) vê "uma chance razoável" de que o programa de incentivo de 2,55 trilhões de euros não seja prorrogado novamente assim que expirar em setembro, disse ele a uma revista financeira chinesa.

Benoit Coeure, membro do Comitê Executivo do BCE responsável pelas operações de mercado, chegou a ser um dos principais defensores da política expansiva do presidente da instituição, Mario Draghi, mas nos últimos meses tem indicado uma eventual retirada dos incentivos.

"Dado o que vemos na economia, acredito que existe uma chance razoável de que a extensão do nosso programa de compra de títulos em outubro tenha sido a última", disse Coeure à revista Caixin Global.

Ele afirmou que o BCE pode manter o programa em vigor se necessário, mas que também dispõe de "muitos instrumentos para reagir" caso a inflação na zona do euro, atualmente vista abaixo de 2 por cento, supere o esperado.

(Por Francesco Canepa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos