Descarrilamento de trem próximo a Milão deixa ao menos 3 mortos

Por Emilio Parodi e Francesca Landini

SEGGIANO DI PIOLTELLO, Itália (Reuters) - Ao menos três pessoas morreram e 13 ficaram seriamente feridas nesta quinta-feira quando um trem que levava cerca de 250 pessoas em uma movimentada rota descarrilou próximo a Milão, no norte de Itália, disseram autoridades regionais.

Diversos vagões do trem operado pela Trenord descarrilaram por volta das 7 horas (horário local), próximo à estação Pioltello Limito, a cerca de 20 quilômetros de Milão, informou a companhia ferroviária estatal italiana Ferrovie dello Stato (FS).

"Há atualmente três mortos, cinco feridos gravemente e oito feridos em 'código amarelo', todos estão no hospital", informou por e-mail o órgão representando o Ministério do Interior em Milão.

Esforços de busca e resgate terminaram por volta das 11 horas, no horário local, e cerca de 100 passageiros que sofreram ferimentos leves foram abrigados em um ginásio próximo.

O chefe da polícia de Milão disse que uma investigação foi aberta, com a polícia ferroviária interrogando o maquinista.

A linha liga Milão à cidade de Cremona, no norte do país. O acidente provocou interrupção do tráfego ferroviário e alguns trens tiveram suas rotas alteradas.

A Rete Ferroviaria Italiana (RFI), subsidiária da FS, informou ter detectado alguns colapsos estruturais nos trilhos, mas informou que ainda é incerto se isto foi a causa ou se é uma consequência do acidente.

O prefeito de Milão, Beppe Sala, pediu mais investimentos na infraestrutura italiana para melhorar a segurança dos transportes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos