Tesouro dos EUA visa empresas e navios em sanções contra Coreia do Norte

WASHINGTON (Reuters) - O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou, nesta sexta-feira, o que disse ser o maior pacote de sanções relacionadas à Coreia do Norte, em uma tentativa de prejudicar empresas comerciais e marítimas e navios norte-coreanos e de isolar ainda mais Pyongyang.

As sanções têm como alvo uma pessoa, 27 companhias e 28 navios.

Os navios são localizados, registrados ou têm bandeira da Coreia do Norte, China, Cingapura, Taiwan, Hong Kong, Ilhas Marshall, Tanzânia, Panamá e Comores.

"O Tesouro está visando agressivamente todos os caminhos ilícitos usados pela Coreia do Norte para escapar de sanções, inclusive adotando ações decisivas para bloquear navios, companhias marítimas e entidades por todo o mundo que trabalham em nome da Coreia do Norte", disse o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, em comunicado.

(Reportagem de Makini Brice)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos