PUBLICIDADE
Topo

Vermont aprova lei de controle de venda de armas de fogo

30/03/2018 20h11

(Reuters) - Legisladores de Vermont deram a aprovação legislativa a uma lei nesta sexta-feira que eleva a idade legal para compra de armas de fogo e expande checagens de antecedentes, tornando-se o estado mais recente apertar restrições de armas após o massacre na escola da Flórida no mês passado.

O Senado estadual controlado pelos democratas aprovou a medida S55, por 17-13 votos, de acordo com o registro online legislativo. A Câmara dos Deputados estadual aprovou a medida esta semana.

A medida agora segue para o governador republicano Phil Scott, que mudou sua postura e defende publicamente alguns controles para armas depois da prisão em fevereiro de uma adolescente de Vermont acusada de ameaçar fazer disparos em uma escola. O incidente ocorreu dois dias depois que um ex-aluno matou 17 pessoas na escola Marjory StonemanDouglas em Parkland, na Flórida, no dia 14 de fevereiro.

O apoio de Scott a controles de armas marcou uma mudança brusca de um governador com aprovação de 93 por cento da Associação Nacional de Rifles (NRA), que defende diretos de donos de armas, em um estado liberal com reputação de uma fortaleza pró-armas.

Vermont, um estado rural largamente rural da Nova Inglaterra com uma paixão por caça, é um dos doze estados onde esforços para reduzir a violência causada por armas vem dando resultados desde o massacre que matou 17 pessoas na escola Marjory Stoneman Douglas.

A lei de Vermont eleva a idade para aquisição de armas para 21 anos e expande checagens de antecedentes para vendas privadas de armas.

(Por Ian Simpson)