Governo espera atingir rapidamente normalização do abastecimento, diz Etchegoyen

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, afirmou nesta sexta-feira que o governo federal espera alcançar rapidamente a normalização do abastecimento no país, uma vez que, segundo ele, está caindo a taxa de interdições nas rodovias por caminhoneiros.

Em declaração à imprensa no Palácio do Planalto, Etchegoyen disse também que a Refinaria Duque de Caxias (Reduc), no Rio de Janeiro, já foi normalizada quase na integralidade.

Veículos do Exército foram enviados nesta sexta-feira à Reduc para escoltar um caminhão-tanque de combustível destinado ao abastecimento do Exército, sem relação direta com o plano de segurança anunciado pelo presidente Michel Temer para desobstruir rodovias bloqueadas por caminhoneiros, informou mais cedo o Comando Militar do Leste.

Segundo o ministro Etchegoyen, o governo está trabalhando desde cedo na coordenação das ações para assegurar o abastecimento de itens críticos à população.

Ao fazer um balanço sobre as ações dos caminhoneiros, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que 419 rodovias foram liberadas, das 938 obstruções que chegaram a ser registradas.

"Temos hoje 519 interdições de rodovias, nenhuma delas é uma interdição total", afirmou.

Segundo Jungmann, a queda em número de obstruções de rodovias indica adesão de caminhoneiros a acordo proposto pelo governo. O ministro afirmou ainda que o governo possui uma relação de duas dezenas de empresários investigados e chamados a depor por suspeita de locaute.

"Caso necessário, Temer editará decreto que permite requisição de bens, portanto estaremos em condições de guiar veículos inclusive privados para conter desabastecimento", disse.

(Por Maria Carolina Marcello e Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos