PUBLICIDADE
Topo

França extraditará ex-policial argentino por crimes durante a 'Guerra Suja

15/12/2019 16h09

PARIS (Reuters) - A França extraditará, na noite deste domingo, um ex-policial argentino acusado de crimes contra a humanidade durante a “Guerra Suja” da Argentina, quatro décadas atrás, disse um porta-voz do Ministério da Justiça.

A polícia francesa prendeu Mario Sandoval, na quarta-feira, apenas horas depois de a principal corte administrativa da França, o Conseil d’Etat, rejeitar sua apelação contra a extradição, após anos de disputa legais.

Sandoval, que se mudou para a França após a queda da ditadura militar da Argentina, que vigorou entre 1976 e 1983, e obteve cidadania em 1997, é acusado por promotores argentinos de mais de 600 violações de direitos humanos, incluindo tortura.

Notícias