PUBLICIDADE
Topo

É muito cedo para dizer se é seguro realizar convenção republicana na Flórida, diz autoridade dos EUA

05/07/2020 12h40

Por Doina Chiacu

WASHINGTON (Reuters) - Um funcionário do alto escalão da saúde do governo Donald Trump disse neste domingo que não está claro se será seguro realizar a Convenção Nacional Republicana em Jacksonville no próximo mês, já que a Flórida vê um número recorde de casos de coronavírus.

O Partido Republicano mudou a maioria das atividades da convenção de Charlotte para Jacksonville depois de uma batalha, por questões de segurança relacionadas ao coronavírus, com o governador da Carolina do Norte, Roy Cooper, um democrata.

Com um número recorde de pessoas testando positivo para o vírus na cidade e em toda a Flórida, o comissário de administração de medicamentos e alimentos dos EUA, Stephen Hahn, foi questionado se seria seguro realizar a reunião geralmente grande em apenas sete semanas.

"Acho que é muito cedo para dizer", disse Hahn no programa "Estado da União" da CNN. "Teremos de ver como isso se desenrola na Flórida e em outros lugares do país."

O presidente Donald Trump, um republicano, se sai bem em grandes multidões em seus comícios de campanha e não tem usado máscaras ou adotado medidas de distanciamento social em eventos de campanha que realiza desde que o país começou a reabrir após o fechamento dos negócios por causa do coronavírus.

Jacksonville, liderada pelo prefeito republicano Lenny Curry, começou a exigir máscaras em público na semana passada, depois que os casos continuaram a aumentar.