PUBLICIDADE
Topo

Mulher morre baleada durante invasão do Capitólio, diz polícia de Washington

06/01/2021 21h52

WASHINGTON (Reuters) - Uma mulher morreu depois de ser baleada durante a invasão ao Capitólio dos Estados Unidos por apoiadores do presidente dos EUA, Donald Trump, disse uma porta-voz da polícia de Washington.

Nenhum outro detalhe estava disponível, disse a porta-voz. Ainda não está claro quem atirou na mulher, mas uma testemunha disse que tiros foram disparados depois que as autoridades policiais pediram aos manifestassem que recuassem.

Centenas de apoiadores de Trump entraram no prédio do Capitólio em uma tentativa de reverter a derrota do republicano na eleição de novembro, forçando o Congresso a adiar uma sessão para certificar a vitória do presidente eleito Joe Biden.

Um manifestante de Nova Jersey disse à emissora CBS que viu a mulher sendo baleada no Capitólio depois que a polícia e demais autoridades alertaram as pessoas a recuar.

"Bem, nós tínhamos invadido os plenários lá dentro, e havia uma jovem que correu para as janelas. Vários policiais e agentes do Serviço Secreto estavam dizendo: 'Volte, desça, saia do caminho'", disse ele. "Ela não atendeu ao chamado e enquanto corríamos para agarrar as pessoas e puxá-las de volta, eles atiraram em seu pescoço e ela caiu sobre mim."

O homem disse à estação de televisão local que viu sangue saindo da boca, pescoço e nariz da mulher.

“Poderia ter sido eu, mas ela foi primeiro”, disse.

(Reportagem de Andrea Shalal e David Brunnstrom)