PUBLICIDADE
Topo

Se membros do Congresso ajudaram no ataque ao Capitólio, devem ser processados, diz Pelosi

15/01/2021 16h13

WASHINGTON (Reuters) - A presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, disse nesta sexta-feira que, se membros do Congresso foram cúmplices do ataque de 6 de janeiro ao Capitólio, eles devem ser processados.

Em uma entrevista coletiva, Pelosi foi questionada se ações seriam tomadas contra parlamentares que possam ter organizado visitas ao Capitólio em 5 de janeiro, um dia antes do ataque por manifestantes pró-Trump no qual cinco pessoas morreram, incluindo um policial, e dezenas de pessoas ficaram feridas.

"Se de fato for constatado que membros do Congresso foram cúmplices dessa insurreição, se eles ajudaram e incitaram os crimes, ações devem ser tomadas além do Congresso, em termos de processo", disse a democrata Pelosi.

A deputada democrata Mikie Sherrill acusou os republicanos de incitar os partidários de Trump, dizendo que viu colegas liderando grupos em visitas de "reconhecimento" do Capitólio um dia antes do ataque.

Mais de 30 democratas da Câmara pediram aos agentes de segurança da Câmara e do Senado e ao chefe interino da Polícia do Capitólio informações sobre quem estava no prédio legislativo em 5 de janeiro.

Pelosi também nomeou o tenente-general aposentado Russel Honoré para liderar uma revisão de segurança sobre a violência de 6 de janeiro no Capitólio.

(Reportagem de Susan Cornwell)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702)) REUTERS AC