PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Wajngarten diz que teve liberdade para conduzir comunicação do governo sem interferências

12/05/2021 11h25

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-secretário especial de Comunicação Social da Presidência da República Fabio Wajngarten disse nesta quarta-feira em depoimento à CPI da Covid no Senado que teve toda liberdade para conduzir a comunicação do governo enquanto esteve à frente da Secom.

No início de seu depoimento à CPI da Covid no Senado, Wajngarten disse que sua ação em relação à Pfizer, fabricante de uma das vacinas contra Covid-19, foi republicana e no sentido de ajudar na aquisição de vacinas.