PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Duas pessoas ficaram feridas após "agressão" de Israel a Tartus, na Síria

02/07/2022 13h15

(Reuters) - A Síria acusou Israel neste sábado de conduzir uma "agressão aérea" a partir do Mediterrâneo a oeste de Trípoli, segunda maior cidade do Líbano, após vários mísseis atingirem uma área ao sul de Tartus.

Dois civis foram feridos e houve alguns danos materiais, disse o Ministério da Defesa sírio.

Os militares israelenses se recusaram a comentar o ataque, que seria o primeiro desde que o primeiro-ministro israelense, Yair Lapid, assumiu o cargo de chefe interino do governo de Israel antes das eleições marcadas para 1º de novembro.

Há vários anos Israel tem atacado o que descreve como alvos ligados ao Irã na Síria, aonde forças apoiadas por Teerã, incluindo o Hezbollah do Líbano, foram enviadas para apoiar o presidente sírio Bahar al-Assad.

Após a intervenção da Rússia na guerra civil síria em 2015, Israel estabeleceu um "mecanismo de redução de conflito" com a Rússia, que controla a base naval de Tartus, para evitar que as duas nações se confrontassem inadvertidamente durante os ataques israelenses. 

(Por Omar Fahmy)