PUBLICIDADE
Topo

Franceses se casam cada vez mais tarde

27/02/2019 17h23

Estudos recentes mostram que os hábitos dos franceses estão mudando no que diz respeito ao casamento. A população tem se casado cada vez mais tarde. Além disso, tem aumentado o número de casais que dispensam o ritual oficial e preferem apenas morar juntos ou assinar o Pacs (Pacto civil de solidariedade).  

Estudos recentes mostram que os hábitos dos franceses estão mudando no que diz respeito ao casamento. A população tem se casado cada vez mais tarde.

Segundo o Insee, Instituto de estatísticas da França, e pelo Ined, que mede a demografia do país, os casais franceses têm decidido dizer “sim” diante das instituições cada vez mais tarde. Se entre as décadas de 50 e 80 a idade média do casamento era 25 anos, atualmente a população tem esperado mais antes de se unir oficialmente.

Os dados recolhidos indicam que em 2019 as mulheres na França se casaram, em média, aos 36 anos, enquanto os homens esperaram os 38 anos para colocar a aliança na mão esquerda. Ainda de acordo com a pesquisa, a idade média das uniões aumentou em cinco anos apenas nas últimas duas décadas.

Além disso, as estatísticas apontam que entre os franceses formar um casal é cada vez menos sinônimo de casamento oficial. Em 2017, um pouco mais de 230 mil casamentos foram celebrados no país, um número em constante queda.

Uma das explicações para essa estatística é que tem aumentado o número de casais que moram juntos sem necessariamente declarar oficialmente. Além disso, muitos têm optado pelo Pacs, o pacto civil de solidariedade. O dispositivo é uma espécie de contrato registrado na prefeitura que se assemelha ao casamento, mas que pode ser anulado mais facilmente. Segundo os últimos números, para cada cinco casamentos celebrados, quatro Pacs são assinados no país.

Casamento gay em queda

Já no caso do casamento gay, autorizado no país desde 2013, a prática tem sido cada vez menos procurada. Em 2017, 7.244 pessoas do mesmo sexo se casaram, uma queda de 31% com relação ao ano de sua entrada em vigor. Desde que foi adotado, após muitos protestos, 40 mil casamentos gays foram celebrados na França, 21 mil entre homens e 19 mil centre mulheres.