PUBLICIDADE
Topo

Ataque a Moro, promessa de interferência na PF, palavrões de Bolsonaro: os principais trechos da reunião ministerial

22/05/2020 22h36

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) abusou dos palavrões, repreendeu Sérgio Moro, ainda ministro da Justiça, mais de uma vez, prometeu interferir na Polícia Federal, xingou os governadores João Doria (PSDB-SP) e Wilson Witzel (PSC-RJ) e o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB-AM). O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que queria colocar os ministros do STF na cadeia.

Notícias