PUBLICIDADE
Topo

Vídeos

Governista diz que Luis Miranda tem "motivação" para denúncia da Covaxin

Gabriel Toueg

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/06/2021 19h58Atualizada em 25/06/2021 20h55

O senador governista Marcos Rogério (DEM-RO) disse hoje, durante uma sessão tumultuada da CPI da Covid, que o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) temuma "motivação" para fazer as denúncias que o levaram a depor hoje na comissão. Indagado por outros senadores, contudo, Marcos Rogério não explicou que motivação seria, provocando bate-boca na audiência.

Esta CPI está diante de uma fraude de uma narrativa, de uma fraude. E eu lamento muito pelo meu colega, por quem tenho respeito, consideração. E sei a motivação dele para fazer isso"
Senador Marcos Rogério (DEM-RO)

O deputado fala à CPI hoje ao lado do irmão, o servidor do Ministério Público Luis Ricardo Miranda, que apontou, inicialmente em depoimento ao Ministério Público do DF (MP/DF), irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin contra a covid-19. O funcionário da Saúde relatou ter sofrido pressão "incomum" para acelerar o processo de importação do imunizante, ainda sem autorização da Anvisa.

No depoimento de hoje, o deputado disse que alertou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a respeito das irregularidades. Segundo Miranda, Bolsonaro o teria "olhado nos olhos" e admitido que a denúncia era "grave".

Depois da declaração de Marcos Rogério, vários outros senadores o indagaram sobre a tal motivação do deputado Luis Miranda. A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), questionou logo em seguida: "Qual é? Qual é a motivação?". O presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), também reagiu: "Agora você tem que falar. Agora você tem que falar a motivação", disse. "É dinheiro que ele está querendo? Ele foi comprado por alguém?", indagou Aziz.

Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI, também questionou: "Qual é a motivação?", ele repetiu várias vezes. Um tumulto na sala ocorreu na sequência, e Marcos Rogério acabou não respondendo. O senador governista chegou a dizer que Aziz também sabia qual a motivação de Miranda, o que provocou uma nova discussão.

"Agora, o senhor [Marcos Rogério] diga para nós aqui, para o Brasil, qual é a motivação pessoal dele [Miranda]". Não vá procurar palavra para enrolar. Fale qual é a motivação, voltou a questionar Aziz. "Não, presidente. Eu sei qual é a motivação, e vossa excelência sabe também. Vossa excelência esteve na sala lá atras, junto comigo", respondeu o governista. Aziz negou ter ouvido motivação.

Vídeos