Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/09/08/manifestantes-fazem-ato-contra-michel-temer-em-sao-paulo.htm
  • totalImagens: 24
  • fotoInicial: 8
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160908181853
    • Michel Temer [11560];
    • São Paulo [5106];
    • Protesto [29229]; Política [28132]; Governo Temer [77720];
Fotos

8.set.2016 - Manifestante com bandeira do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) participa de ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB), em São Paulo. O ato foi convocado por movimentos sociais e deve se dirigir às redondezas da casa de Temer na capital paulista. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Acesso à estação Faria Lima do metrô de São Paulo, no largo da Batata, é cercado com grades antes de protesto contra o presidente Michel Temer (PMDB). O largo é palco de concentração do ato que está previsto para se dirigir ao bairro Alto de Pinheiros, região nobre da capital paulista. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Flávio Costa/UOL Mais

8.set.2016 - Policiais se posicionam dentro da estação de metrô Faria Lima, na zona oeste de São Paulo, antes de ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) na capital paulista. Homens da polícia fazem revista na mochila de manifestantes. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Flávio Costa/UOL Mais

8.set.2016 - Manifestantes começam a tomar o largo da Batata, na zona oeste de São Paulo, antes de ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB). O protesto foi convocado por movimentos sociais e é mais um da série de atos que ocorrem quase diariamente na cidade contra o novo governo. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Flávio Costa/UOL Mais

8.set.2016 - 'Diretas Já' é a palavra de ordem do protesto contra Michel Temer (PMDB) em São Paulo. O ato, com concentração no largo da Batata, atrai pessoas de variadas idades. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - O recado destas duas garotas ao atual presidente é: "mulheres sem Temer". Ato que ocorre na capital paulista contra Michel Temer (PMDB) pede a realização de novas eleições após a consumação do impeachment de Dilma Rousseff. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. (PT) Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Cartaz contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) em ato realizado em São Paulo traz adendo: "Dilma e Congresso" não nos representam. O protesto realizado na capital paulista pede a realização de novas eleições. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Flavio Costa/UOL Mais

8.set.2016 - Helicóptero sobrevoa região de São Paulo durante ato contra o presidente Michel Temer (PMDB), realizado no Largo da Batata, em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Marlene Bergamo/Folhapress Mais

8.set.2016 - Outra placa de rua em São Paulo recebeu intervenção, ganhando o apelido de "Fora, Temer". O adesivo foi implantado em esquina com a rua Padre Carvalho, pouco antes de ato que tem concentração no largo da Batata, na zona oeste da capital paulista. Ato semelhante já havia ocorrido em protestos realizados na última quarta (7). A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Paulo Lopes/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Os principais lemas de manifestantes reunidos em ato contra o presidente Michel Temer (PMDB) em São Paulo são estampados em uma faixa: "fora, Temer", "nenhum direito a menos" e "diretas já". Ato segue em direção à casa de Temer na capital paulista. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Maurício Camargo/Eleven/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Multidão ouve discursos durante ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) no largo da Batata, zona oeste de São Paulo. Ato vai em direção à casa de Temer na cidade. A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Cris Faga/Fox Press Photo Mais

8.set.2016 - A palavra de ordem de manifestantes fica clara em cartaz exibido durante ato contra Michel Temer (PMDB) na oeste de São Paulo: "eleições gerais já". A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Nelson Almeida/AFP Mais

8.set.2016 - Em caminhada rumo à casa de Michel Temer (PMDB) na zpna oeste de São Paulo, manifestantes exibem cartaz com "golpistas não passarão". A manifestação foi convocada pelo MTST (Movimento do Trabalhadores Sem Teto) e outras entidades ligadas a movimentos sociais, que pedem a saída de Temer, a manutenção de direitos sociais e a realização de novas eleições presidenciais. Atos contra o governo federal estão ocorrendo em São Paulo desde a semana passada. Na quarta-feira (7), dia da Independência, quando se realizam o tradicional "Grito dos Excluídos", houve protestos em várias capitais do País, além de São Paulo, como Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Nelson Almeida/AFP Mais

8.set.2016 - Ex-senador e candidato a vereador em São Paulo, Eduardo Suplicy (PT) está presente em ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) na capital paulista. Suplicy ganhou um beijo de uma fã durante o protesto Gabriela Biló/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Em manifestação realizada em São Paulo, cartaz simula o atual presidente Michel Temer (PMDB) quase em tamanho real. Multidão pede a saída de Temer da Presidência e a realização de eleições Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Passeata contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) segue pela zona oeste de São Paulo. Grupo terminará ato próximo à casa de Temer na capital paulista Gabriela Biló/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Policiais protegem região da casa do presidente Michel Temer (PMDB) em São Paulo. Grupo que faz ato Temer na capital paulista não pode chegar perto da residência, que é cercada por forças de segurança e grades Fabio Braga/Folhapress Mais

8.set.2016 - Criança dorme no colo de participantes de ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) realizado na zona oeste de São Paulo. Ato seguiu até as proximidades da casa de Temer na capital paulista Danilo Verpa/Folhapress Mais

8.set.2016 - Manifestantes entoam palavras de ordem durante protesto contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) em São Paulo. Entre vários, o grito mais entoado, logicamente, é "Fora, Temer" Danilo Verpa/Folhapress Mais

8.set.2016 - Manifestantes lotam ruas da zona oeste de São Paulo durante ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB). Grupo saiu do largo da Batata e foi em direção à casa de Temer na cidade, no bairro nobre Alto de Pinheiros Gabriela Biló/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Candidato a vereador em São Paulo, o ex-senador Eduardo Suplicy (PT) foi novamente linha de frente do protesto contra Michel Temer (PMDB) na capital paulista. Suplicy já havia participado de atos carregando a faixa à frente no último domingo e na última quarta Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Manifestantes encerram ato contra Michel Temer (PMDB) na região da casa do atual presidente em São Paulo. Ato atraiu multidão pela zona oeste da cidade Marlene Bergamo/Folhapress Mais

8.set.2016 - Casa é pichada durante ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) em São Paulo. Protesto foi do largo da Batata até a casa do peemedebista na cidade, localizada no Alto de Pinheiros Paulo Lopes/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

8.set.2016 - Seguranças do metrô fazem cordão para impedir manifestantes de passarem pelas catracas sem pagar após ato contra o atual presidente Michel Temer (PMDB) em São Paulo. Usuários utilizavam as catracas laterais da estação Faria Lima Luís Indriunas/UOL Mais

Manifestantes fazem ato contra Michel Temer em São Paulo

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos