Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2018/06/06/a-trajetoria-de-kim-jong-un.htm
  • totalImagens: 14
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20180606040000
    • Kim Jong-Un [57665];
    • Coréia do Norte [5740];
    • Notícias [35976]; Internacional - Notícias [35978];
Fotos

Em junho de 2018, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, se encontrou com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Os dois países misteriosamente passaram da troca de acusações e ameaças de guerra para uma paulatina e histórica aproximação. Mistério, aliás, caracteriza a figura de Kim Jong-un: pouco se sabe sobre o líder que assumiu a Coreia do Norte antes dos 30 anos, após a morte de seu pai, tornando-se assim a terceira geração da mesma família a governar o país mais fechado do mundo. Conheça curiosidades e a trajetória do ditador KCNA/Reuters Mais

A INFÂNCIA DE UM CHEFE - Kim Jong-un teria nascido em 8 de janeiro, em 1982 ou 1983 --a data de nascimento nunca foi divulgada de forma oficial. Estima-se que ele tenha entre 36 e 35 anos, a metade da idade do presidente norte-americano, Donald Trump, com quem se encontrou em 2018. Jong-un é o terceiro filho do anterior líder da Coreia do Norte, Kim Jong-il, e teve uma infância luxuosa, sempre tratado como príncipe. Essa imagem foi divulgada por Kenji Fujimoto, cidadão japonês que diz ter trabalhado como cozinheiro de Kim Jong-il por 13 anos. Na foto, Jong-un teria 11 anos Cortesia de Kenji Fujimoto/Reuters Mais

O HERDEIRO - Quando essa imagem foi divulgada, em outubro de 2010, começou-se a especular que Jong-un seria escolhido como herdeiro para assumir o lugar de seu pai, Kim Jong-il, à frente do governo da Coreia do Norte. Eles assistiram juntos ao desfile militar em celebração dos 65 anos da fundação do Partido dos Trabalhadores em Pyongyang. Kim passou parte da adolescência na Europa --estudou na Suíça entre 1996 e 2000 MIguel Toran/Efe Mais

A MORTE DO PAI - Em 17 de dezembro de 2011, Kim Jong-il morre e deixa lugar para Jong-un se tornar o novo líder do país. Como as decisões na Coreia do Norte não são transparentes, não se sabe ao certo por que ele, caçula, foi escolhido. Reportagem da BBC diz que o filho mais velho de Jong-il foi preterido depois de ter sido deportado, em 2001, do Japão --ele foi barrado ao tentar entrar em Tóquio com passaporte falso, para visitar um parque da Disney. Já o outro filho teria sido descartado, ainda segundo a BBC, por ser considerado "pouco viril" Yoshikazy Tsuno Mais

TRÊS GERAÇÕES - Da esquerda para a direita, Kim Il-sung, fundador do Estado norte-coreano, que morreu aos 82 anos, apesar de ter ordenado aos médicos que encontrassem uma fórmula para que vivesse até os 120; no centro, Kim Jong-il e, ao lado, Kim Jong-un. Três gerações da mesma família que comandam o país desde 1948 Reuters Mais

UM "GÊNIO MILITAR" - Assim que Jong-un assumiu o poder, rapidamente o regime norte-coreano se esforçou para criar um mito em torno do líder, que foi classificado como "gênio militar" em um documentário lançado pela mídia local. No filme, Jong-un aparece dirigindo um tanque de guerra e dando ordens para tropas da artilharia, Marinha e Forças Aéreas. A foto de 1º de janeiro de 2012, divulgada pela agência oficial do governo (KCNA), mostra o ditador ao lado de militares, em localização não conhecida KCNA/AFP Mais

MEME INTERNACIONAL - Jong-un realiza com frequência visitas a instalações do país, de orfanatos a fábricas de pneus. Essas visitas são registradas pela KCNA, a agência de notícias norte-coreana, resultando em fotos por vezes cômicas do líder sorridente ao lado de trabalhadores, crianças e jovens. Essa foto, de 2014, virou meme com especulações diversas sobre o que seria o produto saindo da máquina em questão. Segundo a KCNA, tratava-se de uma fábrica de lubrificantes Rodong Sinmun/EPA/YONHAP/EFE Mais

OS MÍSSEIS - Jong-un logo se mostrou perigoso à Coreia do Sul e aos Estados Unidos, lançando ameaças contra os dois países ao realizar constantes testes de mísseis balísticos. Na foto, ele acompanha o lançamento de um míssil próximo a Simpo, costa nordeste do país, em maio de 2015 KCNA/Efe Mais

UM HOBBIE - Fã declarado de basquete, Jong-un assistiu a uma partida em Pyongyang ao lado da ex-estrela da NBA Dennis Rodman, em fevereiro de 2013. Rodman esteve na Coreia do Norte diversas vezes e já defendeu o líder norte-coreano como "uma pessoa normal" em programas de TV dos EUA. A paixão do norte-coreano pelo esporte teria começado na adolescência, e sabe-se que ele é particularmente aficionado por Michael Jordan. Em uma entrevista ao "Washington Post", a tia de Jong-un, com quem ele viveu na Suíça, disse que, quando menino, o agora ditador dormia com sua bola de basquete KCNA/AFP Mais

FILME BOMBA - Em 2014, um filme norte-americano estrelado pelos comediantes James Franco e Seth Rogen catalizou nova crise entre EUA e Coreia do Norte. Na produção, dois jornalistas são enviados ao país asiático pela CIA com a missão de matar o líder norte-coreano. A Sony Pictures, responsável pela distribuição do filme, foi hackeada na ocasião e diversos cinemas foram ameaçados caso exibissem a produção Robyn Beck/AFP Mais

HOMEM-FOGUETE - Em 2017, com Donald Trump no poder nos Estados Unidos, os humores se exaltaram e o mundo esteve tenso em meio à retórica beligerante dos dois líderes, ambos de comportamento imprevisível. Trump adotou o Twitter para se dirigir ao seu correspondente norte-coreano (assim como para tratar de outros assuntos do governo) e, via essa rede social, chegou a chamar Jong-un de "pequeno homem-foguete" --referência provocativa aos testes de mísseis conduzidos pelo ditador. Nesta foto, Jong-un observa o lançamento de um míssil Hwasong-12 pouco tempo depois de Trump chegar à Casa Branca KCNA via Reuters Mais

MUDANÇA DE TOM - Na virada do ano de 2017 para 2018, Kim Jong-un surpreendeu com um discurso em que se mostrava aberto ao diálogo com a Coreia do Sul. Esse foi o primeiro passo de uma série de medidas para aproximação entre os dois países, em armísticio desde 1953. Na foto, um homem assiste à exibição do discurso de Kim Jong-un em Seul Jung Yeon-Je/AFP Mais

UM PÉ NO BRASIL - Em fevereiro de 2018, a agência americana Reuters publicou notícia de que Kim Jong-un e seu pai, Kim Jong-il, teriam viajado o mundo usando passaportes brasileiros falsos. A história não foi confirmada por fonte oficial, mas se sabe que autoridades japonesas pediram ao Brasil que investigasse as identidades usadas Reuters Mais

O GRANDE ENCONTRO - Em 27 de abril, em um episódio histórico, os líderes das duas Coreias se reuniram. Desde então, espera-se que os dois líderes assinem finalmente um acordo de paz e que a Coreia do Norte se desnuclearize. Esses pontos, no entanto, ainda dependem dos desdobramentos da reunião entre Kim Jong-un e Donald Trump Foto: AFP Mais

Idade secreta, passaporte brasileiro, homem-foguete: quem é o norte-coreano Kim Jong-un

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos