Desembargador de Sergipe revoga decisão sobre bloqueio do WhatsApp

Foram praticamente 24 horas fora do ar, deixando milhões de usuários brasileiros "aflitos", até que uma decisão de um desembargador de Sergipe permitiu o retorno do aplicativo de mensagens WhatsApp nesta terça-feira.

O juiz Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima, do Tribunal de Justiça sergipano, revogou a decisão do magistrado Marcel Montalvão, de Lagarto (SE), que na véspera havia ordenado a suspensão do WhatsApp por 72 horas pelo descumprimento de uma determinação judicial numa investigação sobre tráfico de drogas. O processo corre em sigilo de Justiça.

De acordo com a nota divulgada nesta tarde pelo Tribunal de Sergipe, Ricardo Múcio "deferiu um pedido de reconsideração impetrado pelos advogados do WhatsApp. O desembargador decidiu pelo cancelamento da suspensão do aplicativo. A decisão já foi disponibilizada no site do TJSE para dar ciência às partes e autoridades interessadas."

Tanto a Anatel quanto as operadoras já foram notificadas a respeito da decisão e deverão liberar o uso do aplicativo nas próximas horas.

  • Leia também: 'É incrível que um único juiz possa bloquear serviço de milhões de pessoas'
  • Leia também: WhatsApp: Bloqueio é 8º capítulo de disputa entre Justiça brasileira e empresas de tecnologia

Polêmica

A Justiça brasileira e empresas estrangeiras de tecnologia travaram ao menosoito quedas de braço recentes. Desde 2007, quando o YouTube ficou fora do ar após se recusar a retirar um vídeo da modelo Daniela Cicarelli em momento íntimo com o então namorado em uma praia da Espanha, políticos e a polícia fizeram diversos pedidos para bloquear empresas de tecnologia no Brasil.

Na polêmica mais recente, internautas brasileirosforam cobrar a volta imediata do aplicativo diretamente com o responsável: o juiz Marcel Montalvão, de Lagarto (SE).

A página pessoal de Montalvão no Facebook recebeu uma enxurrada de mensagens pedindo a volta do aplicativo de mensagens instantâneas. "Migo seu loko, devolve o Whats" e "Liga o whatsapp aí rapidão" são alguns exemplos.

  • Leia também: 'Sérgio Moro de Lagarto': quem é o juiz que bloqueou o WhatsApp no Brasil
  • Siga a BBC Brasil no Facebook e no Twitter

Ídolo

Em Lagarto, no centro-sul do Sergipe, ninguém pareceu chateado após a decisão do juiz da cidade, responsável pelo bloqueio do WhatsApp no país inteiro.Marcel Maia Montalvão é um ídolo local.

"Aqui ele tem uma repercussão muito grande. Quem quer enfrentar a criminalidade tem um respaldo a favor. É o perfil Sérgio Moro", diz o jornalista e advogado Adailson Santos, que entrevistou o magistrado quando ele chegou ao município de 100 mil habitantes, em 2015.

A promessa da vinda do juiz era que ele travaria uma guerra contra o tráfico de drogas, um dos principais problemas da região. Na avaliação dos moradores ouvidos pela BBC Brasil, é isso que ele está fazendo ao barrar o aplicativo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos