Os sons que confirmaram que a sonda Juno chegou à órbita de Júpiter; ouça

Pesquisadores da Nasa comemoraram com aplausos e abraços o momento em que a sonda espacial Juno entrou na órbita de Júpiter, na madrugada desta terça-feira - após viajar quatro anos e 11 meses pelo Sistema Solar.

Os cientistas planejam usar o satélite para compreender melhor o interior do planeta. Eles acreditam que a estrutura e a química de Júpiter podem dar pistas sobre como o planeta gigante se formou, cerca de 4,5 bilhões de anos atrás.

Cada vez que se aproximar mais do planeta, Juno usará seus oito sensores remotos - além de sua câmera - para ver as diversas camadas de Júpiter, medir sua composição, temperatura, movimento e outras propriedades.

Uma sequência de sons transmitida pelo veículo confirmou que a arriscada manobra de 35 minutos para entrar na órbita de Júpiter tinha saído como o planejado.

Pouco depois, a Nasa divulgou os ruídos feitos pela sonda no momento em que ela cruzava o choque em arco (região entre a magnetosfera de um planeta e o meio interestelar) e ao entrar na magnetosfera de Júpiter (onde o movimento de partículas no espaço é controlado pelo que está acontecendo dentro do planeta).

Ouça-os:

 
Juno entra na magnetosfera de Júpiter

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos