750 mil consumidores que ficaram sem água em SP serão compensados na conta de março

Do UOL Notícias

Em São Paulo

Os 750 mil moradores que ficaram sem o abastecimento de água devido ao rompimento de uma adutora na zona sul de São Paulo no último fim de semana serão compensados no pagamento da conta de água do mês de março, segundo informou a Sabesp em nota. O problema atingiu, por um período entre dois e quatro dias, moradores dos bairros de Butantã, Pirajuçara, Vila Sônia e Morumbi, além das cidades vizinhas de Cotia, Taboão da Serra e Embu.

A falha no abastecimento ocorreu por conta do rompimento da adutora Teodoro Ramos no último domingo (7). O fornecimento começou a se normalizar na terça-feira, mas alguns consumidores permaneceram sem água até esta quinta-feira (11).

De acordo com a Sabesp, 450 mil clientes prejudicados terão uma redução correspondente à tarifa mínima cobrada pela empresa de 10m³ (10 mil litros) ao mês, ou seja, terão o valor dos mesmos 10m³ descontados do total de sua conta de março.

As residências que consumiram em fevereiro uma quantidade inferior à 10m³ - cerca de 300 mil pessoas - serão compensados com a gratuidade em março. No caso de condomínios que tenham apenas um medidor, o cálculo levará em conta todas as unidades: um prédio de apartamentos, por exemplo, terá a compensação do correspondente à tarifa mínima por cada um deles subtraída da conta total, segundo a Sabesp.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos