Sargento diz que PM acusado de integrar grupo de extermínio confessou ter abordado vítima

Especial para o UOL Notícias

Em Itapecerica da Serra (SP)

O sargento Richard Paulo Ferreira deu o depoimento mais incisivo da primeira fase do julgamento de quatro policiais acusados de integrar um grupo de extermínio conhecido como “Os Highlanders”. O julgamento acontece nesta quinta-feira (29) no fórum de Itapecerica da Serra (Grande São Paulo). São acusados o 3º sargento Moisés Alves Santos, o cabo Joaquim Aleixo Neto e os soldados Anderson dos Santos Sales e Rodolfo da Silva Vieira.

Ferreira disse que seu colega Moisés Santos confirmou que havia abordado o deficiente mental Antonio Carlos da Silva Alves, que foi morto e decapitado em outubro de 2008.

Ferreira contou ainda em seu depoimento que, quando questionou quem de seus subordinados havia abordado uma pessoa na região de Itapecerica da Serra, Moises levantou o braço. Ainda de acordo com a testemunha, Santos ficou nervoso e passou a falar por telefone com outro PM. Todos os réus negam participação no crime.

A vítima foi sequestrada em outubro de 2008, no Jardim Capela, na região do Jardim Ângela, bairro conhecido pela violência e pelo tráfico de drogas, na zona sul de SP. O corpo da vítima, sem a cabeça e sem as mãos, foi encontrado um dia depois, numa área de Itapecerica conhecida como local de desova de cadáveres.

Segundo a Delegacia Seccional de Taboão da Serra (Grande São Paulo), responsável pela investigação, e também a Promotoria, a vítima foi levada no carro nº 37104 da PM onde estavam os quatro policiais que agora serão julgados pela morte da vítima.

Os quatros acusados respondem pelo crime de homicídio duplamente qualificado – motivo torpe e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

O julgamento foi interrompido no início da tarde para o almoço depois que foram ouvidas nove testemunhas: quatro da acusação e cinco da defesa.

O juiz da 1ª Vara de Itapecerica da Serra, Antonio Augusto Galvão de França Hristov, convocou agora a próxima fase do julgamento, quando serão ouvidos os acusados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos