Topo

Americana (SP) transforma monitor de computador velho em cama para gatos

Centro de Controle de Zoonoses de Americana transformou monitores de computador em casa para gatos - Divulgação  /  Prefeitura de Americana
Centro de Controle de Zoonoses de Americana transformou monitores de computador em casa para gatos Imagem: Divulgação / Prefeitura de Americana

Fabiana Marchezi

Do UOL, em Campinas

24/05/2012 06h03

Funcionários envolvidos no Programa Municipal Bem-Estar Animal do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Americana (125 km de São Paulo) encontraram uma maneira sustentável de proporcionar bem-estar aos 80 gatos que vivem no local. A ideia de transformar monitores de computadores velhos em camas para os bichanos deu certo e foi reconhecida internacionalmente pela Sociedade Americana para Prevenção da Crueldade contra Animais (Aspca), localizada nos Estados Unidos.

Além do bem-estar dos felinos, o projeto foi motivado pela questão ambiental. Para Fernando Vicente Ferreira, coordenador do setor, a iniciativa reforça os cuidados com o meio ambiente, favorecendo a sociedade e os animais. “A reciclagem dos monitores diminui a quantidade de lixo eletrônico que ocupa muito espaço e pode ser perigoso se não tiver o destino correto. O interessante é que o processo de confecção é muito simples e pode ser feito por qualquer pessoa”, disse.

Após retirar toda a parte interna eletrônica do aparelho, a caixa tubular passa por uma reforma que leva apenas duas horas. Depois de receber cores e desenhos, são transformadas em camas para os bichanos. “Os tubos passaram por adequações e foram forrados com almofadas para garantir conforto e comodidade aos felinos. Quarenta monitores já foram reciclados pela equipe do CCZ”, informou Ferreira.

Segundo a veterinária Aneli Marques Neves, que idealizou o projeto, o prêmio, apesar de simbólico, é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo programa. “Nossas ações têm sido voltadas para a busca da melhora do bem-estar dos animais que habitam no CCZ, mesmo que seja por meio de soluções alternativas e criativas que não demandem a aplicação de grandes recursos. São mudanças pequenas, mas capazes de melhorar a qualidade de vida deles”, disse.

Cotidiano