PUBLICIDADE
Topo

PM é preso no Rio após ter ataque de fúria por demora no atendimento em unidade de saúde

Rodrigo Teixeira

Do UOL, no Rio de Janeiro

07/10/2012 12h15

Um policial militar foi preso em flagrante no Rio de Janeiro após danificar objetos na UPA (Unidade de Pronto-atendimento) de Bangu, na zona oeste da cidade, em um "ataque de fúria" que teria ocorrido pela demora em ser atendido no local. 

Alexandre Carmosino Aymi Gaíba procurou a UPA de Bangu após sofrer um acidente de carro na última sexta (5). Depois de chegar à UPA, ele teria ficado nervoso por saber que não seria atendido de imediato e começou a danificar equipamentos da unidade de saúde.

O policial acabou detido por volta de 5h50 por policiais militares do 14º BPM (Bangu). Ele foi autuado por dano ao patrimônio público e liberado após pagamento de fiança de R$ 700. A Polícia Militar informou que abriu um procedimento de apuração interna no 3º Batalhão de Polícia do Méier, onde é lotado o policial militar. 

 

 

Cotidiano