Topo

Ciclista que perdeu braço na avenida Paulista recebe alta de hospital

Do UOL, em São Paulo

25/03/2013 13h51

O jovem David Santos Sousa, 21, que teve o braço direito decepado após ser atingido por um carro enquanto pedalava na avenida Paulista, na manhã do domingo (10), recebeu alta do hospital no último sábado (23), segundo a assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas, onde David estava internado.

Segundo o advogado que o representa, Ademar Gomes, desde sua saída do hospital Sousa está em um flat nos Jardins, na zona sul da capital paulista.

Na madrugada de sábado (23), o irmão de 26 anos do ciclista sofreu um acidente de moto também na zona sul de São Paulo quando retornava para sua casa. Ele quebrou o fêmur e continua internado.

Sousa ia em direção ao trabalho pela ciclovia da avenida quando foi atingido pelo carro de Alex Siwec, 22, que havia ingerido bebida alcoólica. Segundo testemunhas, antes de atropelar o jovem, o motorista dirigia em zigue-zague e havia derrubado alguns cones que delimitavam a ciclovia.

Siwek deixou a Penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo, na noite da última quinta-feira (21), depois que a Justiça concedeu um habeas corpus. O estudante havia sido preso em flagrante após o acidente e teve a prisão preventiva decretada no dia 14.

O motorista fugiu do local do acidente sem prestar socorro, levando preso ao veículo o braço arrancado de Sousa, segundo informações da Polícia Militar. Posteriormente, ele teria jogado o membro no córrego da rua Ricardo Jafet, na zona sul da cidade, o que impediu que o braço da vítima fosse reimplantado.

"Não lembro de nada, só de acordar no hospital", afirmou Sousa, durante o período de internação. Ele afirmou que a recuperação estava sendo difícil já que sentia muita dor. "Sinto que meu braço continua aqui."

Cotidiano