PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Protesto com centenas de professores em greve fecha avenida no centro do Rio

Professores da rede municipal começaram a manifestação em frente à prefeitura do Rio - Tânia Rêgo/ABr
Professores da rede municipal começaram a manifestação em frente à prefeitura do Rio Imagem: Tânia Rêgo/ABr

Do UOL, no Rio

23/08/2013 16h04

Um protesto que reúne cerca de 1.500 professores grevistas fecha a avenida Rio Branco, uma das principais artérias do centro do Rio de Janeiro, na tarde desta sexta-feira (23). Eles saíram da frente prefeitura e seguiram em direção à Cinêlandia.

A passeata segue na altura do Clube Naval, na esquina entre a Rio Branco e a avenida Almirante Barroso. Os profissionais da educação municipal e estadual querem reajuste salarial, plano de cargos salários, entre outras reivindicações.

O policiamento na área foi reforçado. Em nota divulgada no site, o Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação) informou que os profissionais das escolas municipais decidiram, em votação em frente à prefeitura do Rio, continuar em greve.

A categoria iniciou a passeata apesar da comissão do Sepe continuar em audiência com o prefeito da cidade, Eduardo Paes (PMDB), e a secretária de Educação, Claudia Costin. Os professores estão em greve desde o último dia 8.

Cotidiano