PUBLICIDADE
Topo

Ônibus bate em carro e invade Templo de Salomão, em São Paulo

Ônibus invadiu jardim do Templo de Salomão, no Brás, centro de São Paulo - Vinicius Gonçalvez/Futura Press/Estadão Conteúdo
Ônibus invadiu jardim do Templo de Salomão, no Brás, centro de São Paulo Imagem: Vinicius Gonçalvez/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

19/08/2014 07h59Atualizada em 19/08/2014 15h31

Um ônibus invadiu os jardins do recém-inaugurado Templo de Salomão, no Brás, área central de São Paulo, após bater em um carro na madrugada desta terça-feira (19). Uma pessoa ficou ferida.

O acidente aconteceu por volta das 4h30 de hoje na avenida Celso Garcia, no sentido bairro, perto da rua João Boemer, de acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). 

O motorista do ônibus perdeu o controle do veículo e colidiu com um carro. O motorista do carro ficou ferido e foi levado para o pronto-socorro da Vila Alpina, na zona leste da capital.

Por causa do acidente, duas faixas da direita da avenida, no sentido bairro, ficaram bloqueadas até as 9h, quando foram liberadas. O corredor de ônibus, em direção ao centro, também ficou interditado durante esse tempo.

O ônibus, da linha 208V/10 Terminal A.E. Carvalho-Terminal Parque Dom Pedro II, e o carro, foram retirados do local.

Procurada pela reportagem do UOL, a assessoria de comunicação do templo informou que "os prejuízos foram apenas materiais", mas não quis revelar de quanto foi o dano. 

O Templo de Salomão foi inaugurado no dia 31 de julho e é a maior sede religiosa do país, com 74 mil metros quadrados, dez mil lugares e uma fachada com altura de 56 metros. A cerimônia de abertura do templo contou com a presença de políticos como a presidente Dilma Rousseff (PT), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito da capital paulista, Fernando Haddad (PT). (Com Estadão Conteúdo)

Cotidiano