MPL realiza terceiro ato contra aumento de passagens em São Paulo

Do UOL, em São Paulo

  • Nelson Almeida/AFP

    Policial Militar aplica golpe ao prender manifestante em São Paulo

    Policial Militar aplica golpe ao prender manifestante em São Paulo

Dois dias depois de ter o protesto interrompido por ação da Polícia Militar, o MPL (Movimento Passe Livre) deve realizar novas manifestações nesta quinta-feira (14) contra o aumento da tarifa de transporte coletivo em São Paulo. Desta vez, o ato será dividido em duas concentrações previstas para o horário das 17h: uma no Teatro Municipal, no centro da capital paulista, e outra no largo Batata, localizado na região oeste.

O MPL negou o convite do governo de São Paulo para um encontro na sede da Secretaria da Segurança Pública para definir o trajeto das manifestações. Porém, até o final da noite de quarta-feira (13) não havia sido divulgado se iria participar de uma nova reunião prévia, marcada desta vez para a sede do MP-SP (Ministério Público do Estado de São Paulo), com previsão de início para o horário das 10h.

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, declarou que irá comparecer à reunião promovida pelo MP-SP. Em entrevista coletiva, logo após a dispersão do protesto de terça-feira (12), ele afirmou que a Polícia Militar irá definir os trajetos de todas manifestações, quando não houver aviso prévio do trajeto por parte dos organizadores.

Na sexta-feira (15), estão programadas mais duas manifestações do MPL no Rio de Janeiro e Belo Horizonte, capitais que também tiveram reajustes nas tarifas.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos