Secretário nega reocupação da antiga cracolândia: "é ao lado"; Prefeitura faz limpeza

Janaina Garcia

Do UOL, em São Paulo

Menos de 12 horas após os usuários retornarem à área da antiga cracolândia, nas imediações da rua Helvetia e da alameda Cleveland, no centro de São Paulo, a PM (Polícia Militar) e a GCM (Guarda Civil Metropolitana) realizaram operação na tarde desta quinta-feira (22) para liberar a área à limpeza para as equipes da Prefeitura.

Os usuários deixaram a praça Princesa Isabel ontem por volta das 21h30. A localidade, a cerca de 400 metros da concentração de agora, havia sido o destino deles depois de uma megaoperação da PM e da GCM no dia 21 de maio para liberar as imediações da Helvetia com a alameda Dino Bueno.

Com o retorno à "antiga cracolândia", a tenda do programa De Braços Abertos está lotada. O espaço comporta 50 colchões de abrigo emergencial, mas chegou a ter mais que o dobro de pessoas com o retorno do "fluxo" para a alameda, localizada a cerca de 50 metros do espaço.

Por volta das 16h, o secretário estadual de segurança pública, Mágino Alves, esteve no local próximo à limpeza -- mas a cerca de 100 metros do fluxo de dependentes. Ele negou que o retorno dos usuários à antiga área de concentração represente uma "derrota" às autoridades de segurança em relação à operação de 21 de maio.

"Eles não voltaram ao antigo local, é ao lado", afirmou. "Essa área [esquina da helvetia com Dino Bueno] não vai ser ocupada novamente, posso garantir. Ela vai continuar livre dos usuários e do tráfico", completou.

Alves disse ainda que o governo foi "pego de surpresa" com a saída dos usuários da praça Princesa Isabel, ontem à noite. "Foi decisão deles [dos usuários] retornar", afirmou, comentando, em seguida, que "eles podem mudar de lugar, mas não vamos dar trégua ao combate ao tráfico de drogas. Isso continuará sendo feito diuturnamente".

Na avaliação de Mágino Alves, "está muito mais difícil para o tráfico atuar" agora. Indagado sobre a possibilidade de traficantes terem ordenado a saída dos usuários, ontem, da praça, ele descartou. "Qualquer coisa que estejam falando hoje sobre isso é suposição", minimizou.

Antes da operação de hoje, GCMs e PMs cercaram o cruzamento da Helvétia com a Dino Bueno a fim de que os usuários não se dispersassem novamente. Alguns GCMs orientaram funcionários do programa Redenção, da prefeitura, e do programa Recomeço, para que tirassem os carros estacionados dali.

Segundo um PM ouvido pela reportagem, a "ação de higiene" é "uma praxe" e já era realizada na praça. Além das equipes em terra, um helicóptero da PM acompanha a ação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos