PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Tiroteio perto da Cidade Universitária da UFRJ acaba com suspeito morto

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

22/03/2018 12h23

Uma tentativa de assalto terminou com um suspeito morto, próximo ao Hospital Universitário Clementino Fraga Filho e à estação do BRT da Ilha do Fundão, na zona norte do Rio, na manhã desta quinta-feira (22).

A Ilha do Fundão é um bairro situado na Ilha do Governador, onde se localizam a reitoria e a maioria das unidades da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

O suspeito foi identificado como Luis H. Martins, de 21 anos. De acordo com a PM, ele e mais um criminoso foram flagrados por policiais militares tentando roubar um veículo na avenida Brigadeiro Trompowski, próximo ao corredor do BRT, na Ilha do Fundão.

Veja também:

Ao dar voz de prisão à dupla, os bandidos atiraram e houve confronto, segundo a polícia. Um dos bandidos fugiu e Luis morreu no local antes da chegada do Corpo de Bombeiros.

Segundo a PM, os policiais envolvidos na ação estavam a caminho do COE (Centro de Treinamento do Comando de Operações Especiais), em Ramos, na zona norte carioca. Uma pistola calibre .40 e três carregadores foram apreendidos 

O local foi preservado para perícia da Delegacia de Homicídios.

Ainda na ação, uma vendedora ambulante conhecida na região da cidade universitária da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Maria Gorete de Souza, 56, precisou se abrigar durante o tiroteio. Ao correr, ela caiu e machucou o joelho. Gorete foi medicada no Hospital Clementino Flagra Filho e liberada.

Bala perdida no Maracanã

Na noite desta quarta-feira (21), um homem, 46, foi atingido por uma bala perdida, no bairro do Maracanã, na zona norte do Rio.

Renato Brito dos Passos estava em um bar na avenida Radial Oeste, às 20h30, quando uma tentativa de assalto a um PM na região resultou em confronto. Um dos disparos atingiu Renato na barriga. Ele foi levado por uma amiga para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, também na zona norte. A vítima deixou a unidade de saúde na manhã desta quinta.

O local onde Renato foi baleado fica a cerca de 700 m do estádio do Maracanã, onde ocorreu na noite de ontem, o show da banda americana Pearl Jam.

Cotidiano