Topo

Cantor sertanejo é esfaqueado dentro de casa durante tentativa de roubo em SP

Reprodução/Facebook
Ronnan, que faz dupla com Raphael, voltava para casa após show em Jacupiranga Imagem: Reprodução/Facebook

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

09/04/2018 11h25

Um cantor sertanejo foi esfaqueado dentro de sua casa durante uma tentativa de roubo na madrugada do último domingo (8) em Jacupiranga, interior de São Paulo. Ronnan Medeiros, 39, teve de passar por cirurgia após o ataque e está internado em estado grave.

Leia também

O cantor, membro da dupla Ronnan & Raphael, voltava para casa com a esposa depois de fechar o local de shows que é dono em Jacupiranga, no Vale do Ribeira. Segundo Rafael Rodrigo, parceiro de palco de Ronnan, a mulher do amigo notou que a residência estava revirada assim que entrou.

“Ela falou para eles saírem, mas um marginal apareceu e mandou eles deitarem”, conta o amigo. “Outro chegou por trás e deu três facadas nele. O Ronnan não tinha reagido nem nada”, destaca o cantor ao UOL.

Divulgação
Rafael, parceiro de palco de Ronnan, diz que cantor está internado no hospital em estado grave Imagem: Divulgação

De acordo com Rafael, mesmo ferido, o parceiro e a mulher foram amarrados e deitados no chão. “Eles queriam o dinheiro do dia da casa de shows, devem ter visto que o local encheu”, especula.

Assustada, a mulher de Ronnan esperou, depois que os homens saíram do local, para se levantar e pedir ajuda a um amigo que mora próximo a eles. O músico foi levado ao Hospital Regional Vale do Ribeira, em Pariquera-Açu, cidade vizinha.

Ronnan passou por três horas de cirurgia e foi para a UTI, onde está internado em estado grave. “O médico já nos disse que ele está sob altíssimo risco, mas desde então ele vem reagindo muito bem à transfusão de sangue e à recuperação”, conta o amigo.

Segundo Rafael, parceiro de Ronnan há 15 anos, dois homens participaram da tentativa de roubo. O Delegacia de Jacupiranga informou à reportagem que está investigando o caso, mas não deu detalhes sobre o andamento do trabalho e suspeitos pelo crime.