Caruaru mantém abertura de São João para sábado; Campina Grande adia para 8/6

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, em Maceió

  • Rafael Lima/Divulgação

A crise ocasionada pela greve dos caminhoneiros não afetou a agenda da tradicional festa de São João de Caruaru, localizada no Agreste de Pernambuco, que manteve a abertura oficial do evento para o próximo sábado (2).

O anúncio foi feito pela prefeita Raquel Lyra (PSDB) na noite desta quarta-feira (30), após representantes do município se reunirem com comerciantes, empresários do setor de turismo, polícias Militar e Civil e o Ministério Público. 

A decisão de manter o cronograma ocorre numa tentativa de alavancar a economia, estagnada durante a greve dos caminhoneiros. Lyra destacou que os fornecedores do São Joao de Caruaru mantiveram os acordos, e a estrutura já está montada para a festa. 

"Na última quarta-feira, instalamos o comitê de crise e decretamos situação de emergência. Amanhã temos 100% na atividade administrativa da prefeitura funcionando e o São João na abertura oficial no dia 2 de junho", destacou a prefeita. Na sexta-feira (1°), começa o São João na Roça, no povoado de Pau Santo e no polo de animação da Estação Ferroviária. 

"Enquanto a crise [gerada pela greve dos caminhoneiros] estava acontecendo tivemos apoio da prefeitura e dos executores do serviço. Hoje com o pagamento do funcionalismo público tivemos R$ 15 milhões injetados na economia. Esperamos ter uma linda festa. Conversamos com fornecedores sobre a realização do São João e a manutenção da data. Os fornecedores tiveram cuidado de manter tudo no prazo", afirmou Lyra. 

De acordo com a PRF (Policía Rodoviária Federal), tanto em Pernambuco quanto na Paraíba não há mais trechos obstruídos por caminhoneiros. Segundo dados da PRF, em Pernambuco foram liberados 84 trechos. Já na Paraíba foram 30.

Em Caruaru, a abertura do São João terá shows de Elba Ramalho, Fulô de Mandacaru e Jonas Esticado, no Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga. O São João de Caruaru vai até o dia 30 de junho e terá ainda shows de Wesley Safadão, Mano Walter, DJ Alok, Michel Teló, Flávio José, Lucy Alves, entre outros artistas. O município estima que 2,5 milhões pessoas passem pelo evento.

Já a concorrente Campina Grande (PB), localizada na Serra da Borborema, adiou o início do São João para 8 de junho. A festa junina também estava marcada para começar nesta sexta-feira. A decisão foi anunciada pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB). 

A festa de Campina Grande vai até 8 de julho. Uma nova grade com as atrações do São João deve ser divulgada nos próximos dias. 

"Foi preciso muita coragem para tomar uma decisão difícil e complexa como essa. Mas, assim como nós tivemos coragem para mudar o 'layout' e a forma de gerenciamento da festa, e deu certo, agora nós preferimos a cautela para nos encorajar outra vez. E, após ouvir todos os segmentos envolvidos, decidimos pelo prudente adiamento na abertura do Maior São João do Mundo", disse o prefeito.

Rodrigues destacou que vários pontos foram levados em consideração para o adiamento do São João, dentre eles: o número de cancelamentos de reservas e a dificuldade de voos para o aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, e o aeroporto de João Pessoa. 

O atraso no fornecimento de comidas e bebidas para bares e restaurantes também motivou o adiamento, além da retenção de uma carreta que transportava parte do material de sonorização e ficou presa em um bloqueio na saída de Pernambuco. 

Campina Grande espera um público de 2 milhões de pessoas durante os 30 dias de festa. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos