PUBLICIDADE
Topo

PRF apreende carga de iPhones 11, que ainda não são vendidos no Brasil

Carga de iPhones foi apreendida na Bahia - Divulgação
Carga de iPhones foi apreendida na Bahia Imagem: Divulgação

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

28/09/2019 13h49

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) na Bahia prendeu ontem dois homens em Feira de Santana (a 116 km de Salvador) que estavam de posse de uma carga de 17 iPhones 11. O modelo dos aparelhos apreendidos ainda não é vendido no Brasil e só será lançado no dia 18 de outubro.

Segundo a PRF, os celulares foram comprados no Paraguai e tinham o estado de Sergipe como destino. O valor das peças apreendidas chega a R$ 150 mil: são dez iPhones 11 Pro Max, um iPhone 11 Pro e seis iPhones 11.

A prisão aconteceu por volta das 17 horas, na BR-116. Os agentes da PRF abordaram os dois homens que estavam em um veículo Polo com placa de Minas Gerais. Os nomes dos suspeitos não foram revelados.

Segundo a PRF, durante a entrevista com os ocupantes do veículo, eles aparentaram nervosismo e caíram em contradições. Por causa disso, os agentes resolveram fazer uma vistoria no carro e encontraram os aparelhos acompanhados de fones de ouvido e carregador.

Em depoimento, a dupla teria confessado que compraram os celulares no Paraguai e pretendiam vender em Aracaju.

Agora, os dois suspeitos vão responder por crime de descaminho (que é importar produtos sem o pagamento dos impostos). A pena prevista no Código Penal varia de um a quatro anos de prisão.

Os presos e o material apreendido foram levados para a Delegacia de Polícia Judiciária em Feira de Santana.

A nova versão dos iPhones foram apresentados pelo Apple no dia 10 de setembro e será comercializado em três versões.

Cotidiano