Topo

Ônibus de banda católica atropela e mata romeiro na Dutra, em Aparecida

Ônibus da banda Rosa de Saron, que atingiu romeiro na Dutra - Fausto Cardoso
Ônibus da banda Rosa de Saron, que atingiu romeiro na Dutra Imagem: Fausto Cardoso

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, de Juiz de Fora (MG)

28/09/2019 09h35Atualizada em 28/09/2019 14h07

Resumo da notícia

  • Um romeiro morreu na Dutra, em Aparecida (SP) após ser atingido pelo ônibus da banda de música religiosa Rosa de Saron, na madrugada de hoje
  • O ônibus seguia de Campinas (SP) para Macaé (RJ), onde a banda faria um show hoje. A apresentação foi cancelada
  • Centenas de romeiros caminham na rodovia nesta manhã, com destino ao Santuário de Aparecida
  • Com a chegada de outubro, mês em que é comemorado o dia da padroeira, o movimento de peregrinos aumenta consideravelmente
  • Esta foi a terceira morte de romeiro registrada na rodovia, segundo a concessionária CCR

Um romeiro morreu atropelado hoje (28) na rodovia Presidente Dutra ao ser atingido por um ônibus da banda de música religiosa Rosa de Saron. O acidente aconteceu em Aparecida (SP), por volta de 5h20. Foi a terceira morte de romeiro este ano na rodovia, segundo a concessionária.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a vítima é Emanuel Santos dos Anjos. Segundo a Polícia Civil, ele é natural de São José dos Campos, também no Vale do Paraíba, de onde foi caminhando até Aparecida. Ele estava perto de chegar ao destino, que era o Santuário Nacional de Aparecida.

O ônibus havia saído de Campinas (SP) e seguia para Macaé (RJ), de acordo com a PRF. Na pista sentido Rio de Janeiro, o motorista perdeu o controle e atingiu o pedestre. Ele caminhava com outras duas pessoas que não foram atropeladas. O romeiro morreu na hora e o veículo invadiu o canteiro.

O ônibus foi periciado e liberado. O motorista disse em depoimento ter ouvido um barulho e o ônibus saiu à direita, sem conseguir controlá-lo. Ele foi ouvido e liberado. Agora, é necessário aguardar o laudo técnico para indicar as prováveis causas do acidente, se foi falha humana ou problemas no veículo.

Por telefone, um integrante do grupo falou com o UOL, mas não quis dar detalhes sobre os passageiros do ônibus. A banda cancelou a apresentação que faria em Macaé e emitiu uma nota de pesar por meio das redes sociais:

Ônibus havia saído de Campinas (SP) e seguia para Macaé (RJ) - Fausto Cardoso
Ônibus havia saído de Campinas (SP) e seguia para Macaé (RJ)
Imagem: Fausto Cardoso

Centenas de pessoas caminham na Dutra hoje

Motoristas disseram para a reportagem que há centenas de romeiros caminhando pela Dutra nesta manhã.

Com a chegada de outubro, mês em que é comemorado o dia da padroeira, o movimento de pessoas fazendo peregrinação a pé na rodovia aumenta consideravelmente. No dia 12 de outubro do ano passado, data da comemoração, cerca de 160 mil fiéis visitaram o santuário.

No último dia 16, a concessionária que administra a rodovia lançou uma campanha de orientação aos romeiros e motoristas por causa da presença de pessoas caminhando em direção a Aparecida. Segundo a Nova Dutra, no ano passado foram cerca de 20 mil fiéis trafegando a pé, entre a segunda quinzena de setembro e a segunda quinzena de novembro, período de maior fluxo.

Em seu site, a concessionária faz um alerta contra esse tipo de deslocamento.

"A CCR Nova Dutra não recomenda este tipo de manifestação de fé, em função do risco que representa para os peregrinos que utilizam o acostamento para caminhar. Dados da Concessionária revelam que, no ano passado, entre os meses de janeiro e dezembro foram contabilizados 13 atropelamentos, um aumento de 200% no número de atropelamentos em comparação com o mesmo período de 2017. Somente no período da campanha de orientação que ocorre entre setembro e novembro 10 pessoas foram atropeladas em 2018. Em 2019, a concessionária registrou duas mortes de romeiros".

Mais Cotidiano