PUBLICIDADE
Topo

Tiros causam tumulto no shopping Eldorado, em SP; não há feridos

Fachada do shopping Eldorado, na zona oeste de São Paulo - Divulgação
Fachada do shopping Eldorado, na zona oeste de São Paulo Imagem: Divulgação

Marcelo Oliveira

Do UOL, em São Paulo

21/02/2020 15h47

Resumo da notícia

  • Disparos ocorreram durante ação da Polícia Civil nos arredores e terminou no estacionamento do shopping
  • Testemunhas relatam ao menos três disparos e corre-corre
  • Um homem foi preso
  • Não houve feridos

Tiros foram disparados no estacionamento e nas imediações do Shopping Eldorado, na zona oeste de São Paulo, na tarde de hoje durante uma ação da Polícia Civil que resultou na prisão de um motorista de táxi por tráfico de drogas.

Segundo o assessoria de imprensa do shopping, a ação policial começou nos arredores do shopping e terminou no estacionamento externo do centro comercial. O shopping está funcionando normalmente.

De acordo com a mesma fonte, não há feridos.

O flagrante do caso está sendo registrado no 77º DP (Santa Cecília), que confirmou a prisão do homem por tráfico de drogas. O caso era investigado por policiais daquela delegacia.

Delivery de drogas

Segundo a Globo News, citando fontes da Polícia Civil, o homem preso hoje participa de um esquema de "delivery de drogas". Ontem, a investigação da polícia já teria resultado em uma outra prisão pelo mesmo motivo.

A polícia afirma ainda que não houve tiroteio. Que o suspeito estava sendo monitorado e, ao ser abordado pelos policiais civis, ele acelerou o táxi em direção aos agentes. Os policiais, então, dispararam nos pneus do veículo em que estava o homem preso. Não houve revide.

Segundo nota da SSP (Secretaria da Segurança Pública) foram apreendidos com o taxista preso porções de maconha, ecstasy, haxixe e outras drogas.

Tiros no almoço

Nas redes sociais, pessoas que estavam no shopping ou em edifícios comerciais próximos confirmam ter ouvido disparos (teriam sido três tiros) e que houve corre-corre.

"Cena de filme no shopping Eldorado. Tiro, corre-corre e prisão em pleno almoço", contou um jovem no Twitter.

Uma testemunha relatou ter havido corre-corre no shopping. Uma moça que estava perto do shopping disse ter ficado nervosa com os tiros.

Outra usuária do Twitter contou que ouviu três barulhos seguidos quando esperava para almoçar e que, em seguida, ao saberem que se tratavam de tiros, as pessoas correram na direção oposta ao barulho após o aviso.

Funcionária de um escritório perto do shopping contou no Twitter que voltava do almoço por uma passarela que liga o shopping a um conjunto de escritórios. Ao ouvir os tiros, ela deitou-se na passarela e viu um homem armado sob a passagem de pedestres.

Cotidiano