PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
6 meses
Prefeitura desmonta acampamento ilegal para rave em área ambiental no Rio

Do UOL, em São Paulo

15/05/2020 11h30

Um acampamento ilegal montado em uma área de preservação ambiental no Rio de Janeiro foi desativado pela Guarda Municipal na tarde de ontem. Eles chegaram ao local após uma denúncia anônima recebida pela Secretaria de Ordem Pública (Seop).

Segundo informações da Prefeitura, o grupo realizaria uma festa rave no final de semana. Cerca de 70 pessoas estavam no local na hora da operação. Foram apreendidos ainda oito facões e dois machados.

As barracas, 35 ao todo, foram montadas em um local de difícil acesso na Praia do Meio, em Barra de Guaratiba, na área do Parque Natural Municipal de Grumari, zona oeste da cidade. Só é possível chegar lá por trilha (cerca de 1h30 de caminhada) ou pelo mar.

Além das lonas para as barracas, os guardas encontraram churrasqueiras, panelas, instrumentos musicais e roupas penduras em árvores. Não foi informado há quantos dias o grupo estava no local. Não havia qualquer material de higiene ou equipamento de proteção contra a covid-19 entre os pertences do grupo.

"Ficamos surpresos de ver que, em plena pandemia, as pessoas não compreenderam a gravidade do coronavírus e não respeitam o isolamento social. Estavam todos reunidos, sem qualquer proteção, como se não corressem risco de ter a doença, além de estarem acampados em local proibido pela legislação ambiental", disse o comandante da Guarda Municipal, José Ricardo Soares.

Cotidiano