PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Estudante brasileira desaparecida na Alemanha está em hospital, diz mãe

Lívia mudou-se para Aachen em 2017 - Arquivo pessoal
Lívia mudou-se para Aachen em 2017 Imagem: Arquivo pessoal

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São José do Rio Preto (SP)

04/07/2020 20h32

A estudante brasileira Lívia Perrone Medina, 27, que estava desaparecida na Alemanha e foi encontrada ontem pela polícia local está internada em um hospital no país europeu. A informação foi confirmada pela família da jovem na tarde de hoje.

De acordo com a mãe de Lívia, Maria Rita Perrone, que mora em Bebedouro (SP), a jovem foi levada por policiais para passar por atendimento médico.

"Estamos aguardando notícias oficiais, que ainda não saíram. O que sabemos até o momento é que a Lívia foi encontrada e está em um hospital, tendo sido levada por policiais que a abordaram, e assim o fizeram devido ao seu estado físico e emocional. Ainda não foi possível falar com o médico que a acompanha, pois ele não se encontrava no hospital hoje", disse a mãe da jovem.

Jovem deve retornar ao Brasil

Ainda segundo ela, a família conseguiu falar com a jovem hoje por telefone e, assim que o estado de saúde dela melhorar, Lívia deverá retornar ao Brasil.

"Hoje conversamos com ela, e sabemos que está bem. Esperamos ter, em breve, mais detalhes por parte das autoridades de tudo o que aconteceu", disse a mãe.

A estudante se mudou para Aachen em 2017 para fazer mestrado em sustentabilidade na RWTH Aachen University.

Amigos estranharam desaparecimento

A estudante havia desaparecido no sábado (27), depois de pegar um trem em Aachen. Ela teria dito a uma amiga que estava indo para Colônia. A viagem de trem entre Aachen e Colônia dura pouco menos de uma hora.

De acordo com a família, Lívia não retornou para a moradia estudantil, o que causou estranheza entre os amigos. No domingo à noite, um deles conseguiu entrar no quarto da jovem e encontrou o celular dela e a chave da casa.

A polícia alemã verificou as câmeras de segurança da estação de trem e confirmou que a jovem não desceu em Colônia. As informações repassadas à polícia europeia apontaram que ela poderia ter sido vista em pelo menos quatro cidades diferentes (Düsseldorf, Stuttgart, Bodenheim e Leverkusen).

Familiares e amigos da jovem se mobilizaram nas redes sociais para buscar informações sobre o paradeiro de Lívia.

Na tarde de ontem, a polícia da Alemanha encontrou a estudante brasileira. A polícia de Aachen emitiu comunicado sobre o encerramento das buscas.

"O paradeiro de Perrone Medina pôde ser determinado —não há perigo para ela. A polícia de Aachen agradece expressamente a população por seu apoio às medidas de busca", disse a nota publicada no site da polícia.

A família da jovem recebeu, por meio do Consulado do Brasil em Frankfurt,a confirmação de que Lívia fora encontrada "bem e com vida".

Itamaraty presta assistência à brasileira

O Itamaraty divulgou a seguinte nota: "O Ministério das Relações Exteriores, por meio do Consulado-geral em Frankfurt, está prestando toda a assistência legal e material possível à nacional envolvida no caso em tela.

Em atendimento ao direito à privacidade, bem como em observância ao disposto na Lei de Acesso à Informação e no decreto 7.724/2012, não é possível fornecer mais informações sobre casos individuais de assistência consular".

Cotidiano