PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses
Homem é preso no PR suspeito de sobrevoar casas de autoridades com drone

Homem detido em Maringá tinha várias passagens policiais por estelionato - Fábio Dias/Polícia Civil do Paraná
Homem detido em Maringá tinha várias passagens policiais por estelionato Imagem: Fábio Dias/Polícia Civil do Paraná

Do UOL, em São Paulo

24/09/2020 18h06

Um homem foi preso ontem na cidade de Maringá (PR), a 430 km ao noroeste de Curitiba, suspeito de fazer voos com um drone sobre penitenciárias e sobre casas de juízes, delegados e promotores.

Segundo a RPC, afiliada da Rede Globo, o objetivo era oferecer informações ao PCC (Primeiro Comando da Capital), no estado de São Paulo. O caso já era investigado pela Polícia Civil paulista.

A pedido de policiais da cidade de Presidente Venceslau (SP), policiais da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos) da Polícia Civil de Maringá realizavam uma ação desde o começo da semana em busca do suspeito, proprietário do drone.

Morador da cidade, o suspeito foi encontrado ontem em uma padaria local e encaminhado a Presidente Venceslau. Os policiais descobriram que o homem tinha várias passagens policiais por estelionato e apreenderam com ele vários cartões de crédito.

"Desde segunda, a gente realizou algumas diligências. Segundo informações repassadas pelos policiais de São Paulo, esse indivíduo estaria atuando como golpista, principalmente com cartão de crédito. Lá em São Paulo, foi apreendido em drone que seria de sua propriedade, que teria sobrevoado penitenciárias e residências de autoridades judiciárias", disse Leandro Roque Munin, o delegado do caso em Maringá, em declarações veiculadas pela RPC.

Cotidiano