PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

MG: ex-funcionária é indenizada em R$ 18 mil após ataque de pitbull, diz TV

Uma pessoa gravou o ataque sofrido  auxiliar administrativo é atacada por pitbull, em Belo Horizonte - Reprodução
Uma pessoa gravou o ataque sofrido auxiliar administrativo é atacada por pitbull, em Belo Horizonte Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

28/09/2020 16h06

A auxiliar administrativo Samira Junia de Sousa, de 26 anos, ganhou hoje na Justiça o direito a uma indenização de R$ 18 mil após ter sido atacada por um cachorro da raça pitbull ao chegar para trabalhar em uma distribuidora de gás e água em Belo Horizonte (MG).

Segundo a MG1, o caso, que aconteceu em 2017, foi considerado acidente de trabalho e o laudo da perícia aponta que Samira sofreu "dano estético em grau suficientemente importante" de nível 5 — a escala vai até 7.

Ela precisou passar por cirurgia e perdeu parte da mobilidade da mão por conta do ataque, além de desenvolver transtornos de ansiedade e crises de pânico.

O telejornal informou que o cão estava solto na ocasião. O animal só soltou a ex-funcionária da empresa quando um homem entrou no espaço reservado com uma foice para assustá-lo.

Em primeira instância, a Justiça determinou que ela fosse indenizada em R$ 8 mil por danos estéticos. Porém, após recurso, os desembargadores acrescentaram o pagamento de R$ 10 mil em danos morais.

A reportagem conversou com os advogados da empresa Águia Gás e Água Ltda, que informou que um acordo já foi feito entre ambas as partes.

Cotidiano