PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
4 meses

Menina de 5 anos morre após ser baleada na porta de casa em Niterói (RJ)

Ana Clara Machado foi baleada na porta de casa, na comunidade Monan Pequeno, na região de Pendotiba - ONG Rio de Paz
Ana Clara Machado foi baleada na porta de casa, na comunidade Monan Pequeno, na região de Pendotiba Imagem: ONG Rio de Paz

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

02/02/2021 18h32

Uma menina de cinco anos morreu após ser atingida por uma bala perdida na manhã de hoje, em Niterói, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro.

A criança foi identificada como Ana Clara Machado. Ela foi baleada na porta de casa, na comunidade Monan Pequeno, na região de Pendotiba, chegou a ser levada por policiais militares para o Hospital Estadual Azevedo Lima, onde recebeu atendimento médico, mas não resistiu.

De acordo com informações da Polícia Militar, a menina foi baleada após um grupo atirar contra PMs que estavam em patrulhamento na estrada Monan Pequeno. Os policiais reagiram e houve confronto. Os suspeitos fugiram para uma área mais alta da região, ainda segundo com a PM.

"Ainda em deslocamento pela área, a equipe policial deparou-se com pessoas pedindo socorro para uma criança ferida. Os policiais imediatamente socorreram a vítima ao Hospital Estadual Azevedo Lima", informou a corporação através de nota.

O Batalhão de Niterói, responsável pelo patrulhamento na área, informou que recolheu as armas dos policiais. "Um procedimento apuratório interno também será instaurado pelo batalhão."

Procurada, a Polícia Civil do Rio informou que a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) instaurou um inquérito para apurar a morte da criança e disse que as armas dos policiais apreendidas passarão por exames de confronto balístico.

"Os agentes realizam diligências em busca de elementos e informações que ajudem a identificar a origem do disparo que atingiu a vítima", declarou.

Quarta criança baleada em 2021

De acordo com informações da plataforma Fogo Cruzado, Ana foi a quarta criança baleada este ano — duas morreram. Além dela, faleceu neste ano, a menina Alice Pamplona da Silva de Souza, também de cinco anos, que foi baleada na noite de ano novo, no morro do Turano, no Rio Comprido, na zona norte da cidade.

Em janeiro, Rafael Capelo, 7, foi baleado em uma troca de tiros entre bandidos e policiais militares. Ele estava na companhia do pai quando os dois foram feitos reféns em um carro. Houve troca de tiros entre os policiais e os bandidos e o menino acabou ferido.

Já Andryu Morelli, 9, foi baleado durante uma tentativa de assalto em Realengo, na zona oeste do Rio, ocorrida no mês passado.

Cotidiano