PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Vídeo mostra homem atirando na casa de vereador no MS; criança foi baleada

Naian Lopes

Colaboração para o UOL

20/04/2021 19h54Atualizada em 20/04/2021 19h54

Imagens de câmeras de segurança mostraram o momento em que um homem atira contra a casa do pastor e vereador Mauro Ortiz (PSDB) em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

O caso aconteceu anteontem e um dos tiros atingiu o filho de três anos do parlamentar no abdômen.

O vídeo foi divulgado hoje pelo Secretário de Segurança Pública da cidade, Marcelino Nunes de Oliveira, e mostra o passo a passo do suspeito segundos antes de ele cometer o atentado contra a casa de Ortiz.

Nas imagens, um homem de boné anda pela rua até passar rapidamente pela fachada da casa do pastor, mas na calçada oposta à residência, continuando o trajeto,

Pouco depois, ele volta e atravessa a rua, ficando a poucos passos do portão. Ali, ele tira a camisa e, de arma em punho, começa a atirar várias vezes.

O Secretário de Segurança Pública de Ponta Porã, Marcelino Nunes de Oliveira, que também é vereador e está licenciado por conta do cargo na administração, divulgou o vídeo e fez um apelo para a população.

"Qualquer informação entre contato com a Polícia Civil, Militar ou GCM sua identidade será mantida em absoluto sigilo", pediu.

Segundo a Polícia Civil, responsável por investigar o caso, as imagens já estão sob análise da perícia técnica para tentar descobrir a identidade do atirador, mas até o momento ninguém foi preso.

O Caso

O atentado contra o vereador e pastor Mauro Ortiz aconteceu no domingo (18) à noite, pouco depois que ele chegou de um culto com a família e estava entrando em casa.

Dos vários disparos do atirador, um deles acertou o filho de três anos de Mauro, que ficou ferido no abdômen.

A criança foi levada imediatamente por equipes da Samu para o Hospital Regional da cidade e passou por uma cirurgia para a retirada da bala. Ele permanece internado e estável, não tendo sido necessária a transferência para a capital.

Muito ativo nas redes sociais, o pastor e vereador ainda não fez nenhuma manifestação oficial em suas redes sociais desde o atentado. Ele tem compartilhado apenas imagens de fé com músicas cristãs.

Cotidiano