PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Criança liga pedindo viatura para pai ir a seu aniversário e ganha surpresa

Policiais buscaram pai da criança em Muriaé (MG) - Divulgação/Polícia Militar
Policiais buscaram pai da criança em Muriaé (MG) Imagem: Divulgação/Polícia Militar

Jean Sfakianakis

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/04/2021 12h36

Um policial que atende às denúncias de emergência da Polícia Militar de Minas Gerais foi surpreendido pela ligação de um garotinho no domingo (18). Kaio é uma criança de Muriaé (MG) que completaria 9 anos no dia seguinte e fez um pedido curioso ao oficial que recebeu a chamada, o cabo Andrade.

"Vocês podiam mandar uma viatura no Patrimônio? É que meu pai, ele... o meu aniversário é amanhã, aí ele tá falando que não vai vim cá pra me ver, falando que não vai vir pra me dar parabéns, que ele tá lá", pediu a criança.

Compreensivo, Andrade respondeu: "Fica tranquilo, às vezes ele não vai te dar presente mas alguém vai. Entendeu? O que você pediu de presente?", perguntou o PM. "Não, não pedi nada, não. Só que ele não vem me ver", falou Kaio.

Policiais fazem festasurpresa a menino de 9 anos - Divulgação/Polícia Mlitar - Divulgação/Polícia Mlitar
Policiais fazem festa surpresa a menino de 9 anos
Imagem: Divulgação/Polícia Mlitar

No dia seguinte, o garoto que mora no bairro Santana recebeu a visita dos policiais, que levaram bolo, refrigerante e o presente mais aguardado: o pai. Eduardo José de Souza, de 41 anos, foi localizado pelo batalhão e compareceu à festa do filho.

"Sentimento de dever cumprido, de atender ao pedido da criança que ligou para o 190, querendo um socorro da polícia. A gente de forma espontânea poder contribuir com isso foi muito importante", conta Andrade, ao UOL.

Segundo a Polícia Militar, uma viatura foi até a residência de José de Souza, que se colocou à disposição para ir à festa do garoto. Ele mora com a avó e tem pais separados. Ainda na festa, os militares aconselharam o homem a dar uma "qualidade de vida melhor" para a criança.

"É uma coisa simples que vai ficar gravada na nossa carreira e com certeza vai marcar a vida do Kaio também", relata o militar do 47º Batalhão da PM de Muriaé, que também é pai de duas crianças.

Cotidiano