PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Policial é afastado por usar helicóptero militar em declaração para mulher

Declaração em helicóptero foi registrada pela mulher do PM e acabou chegando ao comando do oficial - Reprodução/Redes Sociais
Declaração em helicóptero foi registrada pela mulher do PM e acabou chegando ao comando do oficial Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Ed Rodrigues

Colaboração para o UOL

22/04/2021 20h02Atualizada em 22/04/2021 20h02

Um policial militar do Ceará foi afastado de suas funções por ter desviado a rota de um helicóptero militar para sobrevoar a residência da mulher e fazer acenos.

O ato de romantismo foi filmado pela companheira, que postou o vídeo em uma rede social. O registro chegou ao comando do oficial e motivou a advertência.

Nas imagens, é possível ver a aeronave sobrevoando as casas, em Fortaleza, enquanto a mulher do militar se mostra emocionada com a manifestação de carinho.

"Oh, meu Deus. Te amo. Só Ronaldo mesmo", declara a moça na gravação. Em seguida, o helicóptero muda a rota e segue viagem.

Segundo a reportagem apurou, o voo ocorreu durante uma instrução para novos militares recém-chegados à Ciopaer (Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas).

O órgão é ligado à SSPDS (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social).

O UOL procurou a pasta estadual, que disse ter instaurado sindicância para apurar a conduta do PM assim que teve conhecimento do vídeo.

"Foi determinado afastamento imediato do servidor de suas funções na Ciopaer. A SSPDS ressalta que não compactua nem permite qualquer tipo de desvio de conduta de seus servidores", afirmou o comunicado.

Como o militar e sua companheira não tiveram os nomes divulgados, a reportagem não conseguiu encontrá-los para repercutir a decisão da secretaria.

Confira a nota da SSPDS na íntegra:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que, tão logo tomou conhecimento do vídeo, determinou, nessa terça-feira (20), instauração imediata de sindicância para apurar rigorosamente a suspeita do uso de uma aeronave da para fins pessoais.

Foi determinado afastamento imediato do servidor de suas funções na Ciopaer. A SSPDS ressalta que não compactua nem permite qualquer tipo de desvio de conduta de seus servidores e preza pela eficiência dos serviços prestados à sociedade cearense.

O caso será comunicado formalmente à Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) para que sejam adotadas as providências.

Cotidiano