PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
8 meses

Ossos são encontrados a céu aberto em cemitério do RJ

Ed Rodrigues

Colaboração para o UOL

19/05/2021 21h26Atualizada em 20/05/2021 08h22

Uma família que foi ao cemitério municipal de Petrópolis no último final de semana registrou ossos espalhados a céu aberto pelo cemitério da cidade, no Rio de Janeiro.

O vídeo se espalhou pelas redes sociais apenas ontem e, segundo outros moradores da região, não relata um problema inédito. Nas imagens, é possível ver as ossadas misturadas ao solo do cemitério, algumas delas dispostas fora das covas em sacos plásticos.

"Olha aí, gente. Olha que humilhação. No cemitério municipal de Petrópolis, sacos com restos mortais...tudo jogado. Cheio de osso espalhado", denunciou um homem, que não foi identificado, na gravação.

O denunciante que fez o registro caminhou por vários trechos do equipamento público, e em todas as partes foi possível ver ossadas e tecidos sujos.

O marceneiro Wallace Pina, que esteve no local no último fim de semana para enterrar uma prima, contou que a situação deixou o grupo que participou do sepultamento preocupado com a possível transmissão de doenças.

"A gente não sabe a quem pertence esses ossos. E se forem de pessoas com covid-19? Sei lá. A gente foi enterrar um parente e se deparou com isso. Voltamos para casa com esses ossos na cabeça", contou.

"O odor insuportável. Cara, é um absurdo uma situação dessas. Estamos no meio de uma pandemia e a prefeitura deixando o cemitério nesse abandono", completou ele.

A psicóloga Lilian Carvalho ressaltou que o problema no espaço é antigo.

"Isso não é de hoje. Sempre que fui ali, vi essas coisas. É um grande descaso. Entra gestão e sai gestão, e o cemitério não recebe a atenção devida", disse.

Procurada, a Prefeitura de Petrópolis informou que abriu sindicância para apurar a denúncia.

O órgão se desculpou pelo problema e disse que "já afastou o responsável pela organização e monitoramento do trabalho dos coveiros das funções até a conclusão da apuração".

Confira a nota da prefeitura na íntegra:

Denúncias de problemas no Cemitério Municipal no último fim de semana levaram o governo municipal a abrir sindicância interna para apurar erro grave no processo de retirada de restos mortais de covas rasas.

O governo pede desculpas pelo ocorrido e informa que já afastou o responsável pela organização e monitoramento do trabalho dos coveiros das funções até a conclusão da apuração e também advertiu o responsável pela manutenção das quadras.

A prefeitura lembra que vem trabalhando para garantir melhorias nos cemitérios. Já houve aprovação de lei que permite a concessão dos espaços e o governo estuda, agora, os possíveis modelos de contratação.

Cotidiano