PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Jovem é suspeito de matar os pais no ES; cena 'macabra' do crime chocou PM

Cena do crime tinha cruzes vermelhas e páginas da Bíblia queimadas - Divulgação/Polícia Militar ES
Cena do crime tinha cruzes vermelhas e páginas da Bíblia queimadas Imagem: Divulgação/Polícia Militar ES

Marcus Rocha

Colaboração para o UOL, em Vitória

04/08/2021 14h05Atualizada em 05/08/2021 09h59

Um médico e a sua mulher foram mortos dentro do próprio apartamento na madrugada de hoje, em Vila Velha, no Espírito Santo. A Polícia Civil suspeita que o autor do crime seja o filho do casal. Ele teria esfaqueado os pais e depois tirado a própria vida. Na cena do crime, foram encontradas cruzes pintadas em vermelho e páginas da Bíblia queimada.

O médico urologista e pastor Paulo de Oliveira Cesar, de 68 anos, foi encontrado sem vida caído dentro do banheiro da casa. A mulher do médico, Raquel Heringer Cesar, de 61, estava morta em cima da cama coberta com lençóis. Ao chegar no local, a polícia militar ainda encontrou o imóvel todo revirado.

O filho do casal foi identificado como Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos. Segundo o DHPP (Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa), Guilherme cometeu suicídio após o crime. O corpo foi encontrado hoje de manhã pelos bombeiros, entre Vila Velha e Vitória.

Guilherme - Reprodução - Reprodução
Guilherme ao lado da mãe Raquel Heringer Cesar
Imagem: Reprodução

Relatos dos investigadores da Polícia Civil dão conta de que o jovem teria ingerido bebida alcoólica durante toda a noite. Em determinado momento, ele foi até a cozinha, pegou uma faca e seguiu até o quarto para esfaquear a mãe, que estava dormindo. O pai acordou, entrou em luta com o filho e também foi esfaqueado.

Após o crime, Guilherme ligou para parentes dizendo que "tinha cometido uma besteira", disse um dos investigadores ao UOL. Em seguida, ele fugiu do local usando o carro do pai.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado como duplo homicídio com uso de arma branca.

A faca utilizada no crime foi apreendida e será encaminhada à perícia. Os corpos do casal e do filho foram encaminhados para o DML (Departamento Médico Legal) de Vitória para serem liberados para os familiares e para o exame cadavérico.

Cena do crime

O caso chamou a atenção dos policiais que atenderam a ocorrência e relataram que, dentro do apartamento, foram encontrados desenhos de cruzes por toda a parte, um versículo bíblico, além do dígitos 666 nas portas, considerado como o "número da besta" por religiosos. Páginas da Bíblia também foram queimadas dentro do local.

"Um cenário completamente macabro. Parecia aquelas coisas de filme de terror. De exorcismo ou invocação demoníaca. Assustou muito a gente. Um colega chegou a fazer uma oração antes de entrar. A gente nunca espera encontrar essas coisas em uma ocorrência," contou um PM, que preferiu não ser identificado.

portas - Divulgação/Polícia Militar ES - Divulgação/Polícia Militar ES
O número 6 foi encontrado nas portas
Imagem: Divulgação/Polícia Militar ES

Guilherme era estudante de uma faculdade particular de medicina em Vitória. Os vizinhos disseram à reportagem que nunca presenciaram nenhum tipo de conflito entre os familiares. Ambos frequentavam uma igreja evangélica na mesma cidade onde moravam.

A perícia ainda está no local e a motivação do crime será investigada.

Centro de Valorização da Vida

Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda especializada como o CVV (Centro de Valorização da Vida) e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade. O CVV funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.

Cotidiano