PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
8 meses

Jovem bebe ‘além da conta’ e finge o próprio sequestro no litoral de SP

Eduardo Knapp/Folha Imagem
Imagem: Eduardo Knapp/Folha Imagem

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São José do Rio Preto (SP)

04/09/2021 11h11

Um jovem, de 27 anos, foi encontrado pela Polícia Civil, em São Vicente, no litoral paulista, ontem, após comunicar aos familiares que havia sido sequestrado e extorquido por bandidos. No entanto, segundo a ocorrência, o rapaz estava sob o efeito de bebidas alcoólicas e drogas e confessou aos policiais que havia mentido sobre o crime. Ele foi indiciado pela farsa.

De acordo com a Polícia Civil, o rapaz, teria ligado para os familiares na madrugada anterior e relatado que havia sido sequestrado e estaria em poder de bandidos. Ele contou que havia sido abordado em Diadema e levado para o litoral do estado - as cidades são distantes 50 km.

Sem mais informações, a família entrou em contato com a seguradora do carro, pediu o rastreamento do veículo e acionou a Polícia Militar. A polícia foi informada que o veículo estava estacionado em uma rua da Vila Margarida e foi até o local. O rapaz de 27 anos e um homem de 41 estavam no carro.

A polícia informou que o jovem estava alcoolizado e falava de forma desconexa não dando explicações do porquê estaria naquele local.

Já na delegacia, ele confessou que havia ingerido bebidas alcoólicas e feito o uso de cocaína, na madrugada anterior, e para que a família não descobrisse o vício, inventou a mentira.

Além disso, os policiais apuraram que, oito transações bancárias que somaram cerca de R$ 350 foram feitas da conta do rapaz. O dinheiro teria sido usado na compra de entorpecentes e bebidas.

Ainda segundo relato do jovem aos policiais, o homem que estava no carro com ele era apenas um amigo que ele havia convidado para beber junto. O rapaz relatou estar arrependido da mentira e que apenas não queria que a família descobrisse sua recaída ao vício.

Um boletim de ocorrência de falsa comunicação de crime foi registrado no 2º Distrito Policial da cidade. O rapaz responderá criminalmente pela mentira.

Cotidiano