PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Bombeiro salva criança de acidente em escada rolante de shopping na PB

Bombeiro de shopping paraibano salvou criança de se machucar na escada-rolante - Reprodução de vídeo
Bombeiro de shopping paraibano salvou criança de se machucar na escada-rolante Imagem: Reprodução de vídeo

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, em Maceió

27/09/2021 16h46Atualizada em 28/09/2021 08h32

Um bombeiro civil evitou um grave acidente com uma criança de dois anos em uma das escadas rolantes do centro de compras Mangabeira Shopping, localizado na zona sul de João Pessoa. O incidente ocorreu no dia 15, mas só foi divulgado hoje pelo centro de compras.

A menina, apesar de ainda ter chegado a tropeçar na escada rolante, não sofreu ferimentos, pois foi retirada a tempo por Filippi Marques, de 31 anos, que contou ao UOL que já teve outros resgates importantes, mas que esse foi o primeiro que ganhou notoriedade, chegando às redes sociais.

Imagens internas do shopping mostram a criança correndo sozinha e tentando subir na escada rolante, que estava operando ao contrário. Marques estava de prontidão em uma cadeira em frente às duas escadas rolantes. Ao ver que a menina se aproxima do equipamento, que estava na posição de subir, ela tenta descer e tropeça, o bombeiro civil corre e com agilidade impede um acidente.

Nas imagens vê-se ainda que a criança ainda tropeça próximo ao primeiro degrau, que poderia deixá-la enganchada ao equipamento, mas a agilidade do bombeiro civil impede o acidente. O homem agarra a menina, e ao mesmo tempo, rola com ela para o chão, retirando-a da escada. O sapato da criança chega a cair.

O shopping não informou se ela estava perdida ou se correu rápido saindo próximo do responsável.

Em entrevista ao UOL, Filippi Marques destaca que as pessoas devem ter "atenção para usar a escada rolante, pois é um equipamento perigoso", além disso, ele afirma que responsáveis por crianças devem ficar em alerta ao usar o equipamento, já que calçados podem se enganchar nos pentes dos degraus e ocorrer um acidente.

"Todas as escadas rolantes do shopping têm um bombeiro de prontidão para evitar acidentes. Não sei de onde a criança veio, a minha atenção estava totalmente voltada para a escada. Quando vi que a menina, que tem dois anos, se aproximou, eu prontamente agi para evitar o pior. Ela chegou cair com o rosto na escada, que estava subindo e a menina querendo descer. Numa fração de segundos, a puxei e a coloquei em cima do meu corpo para evitar o atrito dela com o chão", contou o bombeiro civil.

Marques atua há sete anos como bombeiro civil e, desde que se formou, foi contratado pelo Mangabeira Shopping. Ele relata que nesse tempo como bombeiro civil já impediu vários acidentes em escadas rolantes do centro de compras, mas "esse deu repercussão porque todo mundo hoje tem acesso às redes sociais."

"É gratificante para a gente salvar, fazer alguma coisa para conseguir êxito na situação e foi o que aconteceu nesse caso. Estou satisfeito por não ter acontecido nada de mais grave com a criança", disse o bombeiro civil, destacando que a escada rolante é um "meio totalmente perigoso e grande parte das pessoas costumam usar sem atenção."

"Cerca de 80% dos que usam não estão concentrados que ali é um meio totalmente perigoso e usam com distração. Uma delas é entrar na escada rolante olhando para o telefone celular. Os pais devem ter atenção com a criança no mesmo degrau para ficarem posicionados centralizados, pois a na escada quando vai subindo, degrau com degrau vira uma navalha. Não pode usar com chinelo, com crocs ou calçado emborrachado. É necessário muita atenção ao usar a escada rolante e evitar distração pelo menos naqueles poucos minutos que está no equipamento", alerta ele.

Em nota, o Mangabeira Shopping informou que possui uma brigada formada por 18 bombeiros civis atuando em todas as dependências do centro de compras para evitar acidentes com pessoas que frequentam o local. O shopping disse ainda que mantém bombeiros civis posicionados, de forma estratégica, próximo às escadas rolantes, também brigadistas em outras áreas do centro de compras, durante o funcionamento do shopping.

"A presença dos profissionais é muito importante, pois estão sempre ajudando na prevenção de acidentes e verificando possíveis pontos de risco para neutralizá-los. Essa conduta, que preza pela segurança de todos, evitou o acidente de uma criança", destaca o texto.

Cotidiano